2017

   

Violência Policial

 

Defesa dos Direitos Humanos

 


Desde 2006 o Observatório das Violências Policiais-SP foi integrado ao Centro de Estudos de História da América Latina (CEHAL- PUC-SP), vinculado ao Programa de Estudos de Pós-graduação em História da PUCSP. Desde 2017 somos o Observatório das Violências Policiais e dos Direitos Humanos.
 

 

E-mail: ovp.sp.br@gmail.com

 

 

Pesquisar neste sítio

 



Cartilla sobre Abordagem Policial



Campanha de Anistia Internacional



Agenda Nacional pelo
Desencarceramento


Sitio Premiado - Selo Direitos Nota 10 - DHnet



 


Baixe para ler em pdf


 


Indígenas são recebidos à bomba na Câmara dos Deputados; 4 foram detidos
18.10.2017

Forum

Cerca de 100 indígenas foram recebidos à bombas de gás e spray de pimenta pela polícia quando tentaram participar de uma audiência pública, organizada pela bancada ruralista para discutir a “agricultura indígena”, a audiência tinha como objetivo legitimar a proposta de da exploração privada dos territórios indígenas. Dois indígenas Kaingang, um Guarani e um Terena foram detidos. Só foi permitida a entrada de fazendeiros e seus apoiadores.

 leia mais   asista a um vídeo do CIMI



PM é chamada para interromper performance com nu artístico no Paraná
16.10.2017

Forum

A performance “DNA de Dan”, alvo de intimidação da polícia em Brasília, passou por novo constrangimento em Londrina, a partir de denúncia de grupos de ultradireita. No momento da chegada dos policais, o público fez um “cordão humano” em volta do ator Maikon Kempinski e o retirou do local. Os três organizadores do festival que foram detidos tiveram que fornecer seus dados pessoais na delegacia, onde foram liberados. Organização do festival repudiou a intervenção policial.

 leia mais



Desocupações violentas no centro de São Paulo
16.10.2017

Jornalistas Libres

A polícia invadiu sem mandado ou liminar autorizando a retirada dos ocupantes. Uma das ocupações, com cerca de 400 pessoas, ocorreu no prédio abandonado da Av. São João, 601, local abandonado há 20 anos. Neti, uma das representantes do movimento por moradia tentava negociar com a PM sobre a entrada ou permanência no prédio, mas a PM arrombou o local e retirou os ocupantes à força, houve agressão.

 leia mais



Lei considerada por especialistas como “licença para matar” é sancionada por Michel Temer
16.10.2017

Yago Sales, Ponte

Aprovada pelo Congresso Nacional, a lei gera polêmica por direcionar à Justiça Militar julgamento de agentes das Forças Armadas que praticarem crimes contra civis. Antes, acusados respondiam na Justiça comum.

 leia mais



Força Nacional recebe com bombas a Munduruku que defendem território sagrado
15.10.2017

Xingu Vivo para Sempre

Cerca de 80 indígenas Munduruku desembarcaram no canteiro de obras da hidrelétrica de São Manoel (MT) depois de sete dias de viagem pelo rio Teles Pire, para exigir o cumprimento de acordos fechados. Ao chegarem, os indígenas foram recebidos por um contingente da Força Nacional de Segurança, que disparou bombas de efeito moral contra os Munduruku, homens, mulheres e crianças.

 leia mais



No Rio, truculência da Guarda Municipal também atinge quem tem licença
13.10.2017

Pedro Prado, The Intercept

A Guarda atacou no Méier, Zona Norte do Rio, em um ponto entre as ruas Dias da Cruz e Silva Rabelo, onde se concentram dezenas de camelôs, a maioria ilegais. O estranho é que a única barraca apreendida foi uma de esfirras que tinha autorização para estar ali, a que pertence a Toyba Hussein, refugiada vinda da Etiópia.

 leia mais



Mães pedem reparação psíquica e econômica por filhos mortos pela PM de SP
11.10.2017

Rute Pina, Brasil de Fato

Em audiência, entidades e familiares defenderam criação de um fundo estadual e denunciaram extermínio de jovens negros.

 leia mais



“Ela levou uma coronhada, passou mal e ainda foi xingada”, diz filho que perdeu a mãe após agressão do Bope
11.10.2017

Lucas Vasques, Forum

Jovem morador da Cidade de Deus, no Rio de Janeiro, revela com exclusividade à Fórum detalhes de como foi a abordagem violenta dos policiais, que levou à morte Marisa de Carvalho Nóbrega.

 leia mais



Travestis denunciam perseguição de policiais na Praça da República, em SP
10.10.2017

Fausto Salvadori e Daniel Arroyo, Ponte

“O PM falou que ia colocar a gente num camburão, levar para uma esquina e matar nós”, diz Nicolly, que afirma ter sido detida sem motivo. O nome de um dos “alibãs” gera pânico entre as travestis: o do PM Ilto da Cruz Pires, conhecido como sargento Pires ou Bigode, que estaria liderando as investidas contra as trans. “Quando é dia de plantão do Bigode, as trans têm que ficar escondidas”. O sargento estava entre os policiais que, sem um motivo claro, deteve nove travestis.

 leia mais



A serviço da Unilever a polícia reprime a greve, prende trabalhadores e dirigentes sindicais e reprime manifestação em Vinhedo (SP)
07.10.2017

Intersindical

À servico da Unilever, a polícia tentou colocar à forca para dentro da fábrica os operarios que estão em greve contra a terceirização e as demissões e levou 5 trabalhadores detidos. Para manter ao seu intento de servir a Unilever, frente à delegacia a polícia militar reprimiu covardemente a manifestação em solidariedade aos presos. Foram detidos mais dois trabalhadores e varios feridos.

 leia mais



Força letal da polícia paulista é legítima ou abusiva?
05.10.2017

Maurício Soares, Jornalistas Libres

Existem três tipos de critérios internacionais elaborados por Paul Chevignyes, especialista em problemas sociais e políticos relacionados aos abusos policiais, utilizados para sabermos se a polícia está abusando de sua força letal ou se essa força é uma atividade legítima.

 leia mais



Terra das Chacinas: 25 anos do Massacre do Carandiru
02.10.2017

Brasil de Fato

Confira o especial que traz relatos sobre o episódio e procura compreender parte da história do nosso país.

 leia mais



Guarda Civil Municipal de São Paulo atira em pessoas dentro de tendas da prefeitura
29.09.2017

Maria Vitória Ramos, Ponte

Cerca de 800 pessoas foram encurraladas pela Guarda Civil Municipal (GCM) por bombas de gás lacrimogêneo, balas de borracha, gás de pimenta e cassetetes, até serem contidas dentro do Atende 2, local da prefeitura, destinado ao auxílio dos usuários de drogas e à população em situação de rua. “Jogaram essas bombas com os funcionários e o pessoal da igreja lá dentro. Todos os serviços que estavam trabalhando ali ficaram presos dentro da tenda e tomando gás de pimenta junto”, centralizaram todos as pessoas no Atende 2, retiraram todos os funcionários e lá começaram uma sessão de tortura, relata Beatriz Falcón, da Craco Resiste.

 leia mais



Tribunal solta policial militar condenado por matar sem-terra em São Gabriel
29.09.2017

Lucas Abati, GaúchaZH

O Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul soltou o policial militar Alexandre Curto dos Santos, que foi condenado a 12 anos de prisão por matar o militante do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) Elton Brum da Silva, em 2009.

 leia mais



A Justiça que tarda e pode falhar no Massacre do Carandiru: 25 anos de impunidade
29.09.2017

Gil Alesi, El País

Processo pode demorar décadas caso STJ confirme anulação de pena dos policiais que mataram 111 presos. Autoridades daquele período foram isentadas de responsabilidade.

 leia mais



Vera Lucia Vieira: “temos vários potenciais Carandirus hoje”
29.09.2017

Daniel Gomes, Pastoral Carcerária

Em entrevista, a professora da PUC Vera Lucia Vieira analisa as repercussões sociais e na segurança pública do país após o massacre de Carandiru. Segundo ela, violações de direitos, torturas e um sentimento de vingança ainda se fazem presentes, o que abre possibilidade para novos massacres.

 leia mais



Pastoral do Povo de Rua denuncia truculência da PM em ação de zeladoria
29.09.2017

Maria Vitória Ramos, Ponte

Funcionários da prefeitura de São Paulo retiraram pertences de moradores de rua e PM, que acompanhava ação, chegou a usar spray de pimenta contra frei Romero, segundo testemunhas.

 leia mais



“PM de Cristo” convoca mobilização contra “gente do mal” dos direitos humanos
28.09.2017

Sarah Furtado, Ponte

Com informações falsas, áudio atribuído a coronel afirma que “pessoas perigosas” pretende “desvirtuar” policiais ao ensinar respeito aos direitos humanos.

 leia mais



Morte, espancamento e bala de borracha: ações violentas da PM se espalham por Joinville (SC)
28.09.2017

Adrieli Evarini, Ponte

Em menos de 30 dias, ao menos uma pessoa foi morta, Leandro Wisbecki, de 32 anos, um adolescente espancado e uma pessoa atingida por balas de borracha em ações da Polícia Militar de Santa Catarina e à Guarda Municipal de Joinville.

 leia mais



Mais de 14 mil alunos perdem aulas por ação policial na Maré (RJ) em busca de traficante
28.09.2017

Carolina Moura, Ponte

“Tenho um trabalho para apresentar e prova de matemática. Justo hoje a bala está comendo”, diz um dos alunos afetados pela operação.

 leia mais



TJ adia julgamento do caso de fotógrafo perdeu a visão nas manifestações de 2013
27.09.2017

Maria Vitória Ramos, Ponte

Recurso foi retirado de pauta da 9ª Câmara de Direito Público do Tribunal sem data prevista para remarcação. Sérgio Silva foi atingido no olho por uma bala de borracha da PM.

 leia mais



Seminário relembra os 25 anos do Massacre do Carandiru e mostra que violações de direitos continuam
26.09.2017

Pastoral Carcerária

No Teatro TUCA da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo se realizou em 25 e 26 de setembro um Seminário sobre o 25 Aniversário do Massacre de Carandiru, organizado pela Igreja Católica de São Paulo, pela ação das Pastorais Sociais reunidas na Coordenação para o Serviço da Caridade, Justiça e Paz, em parceria com a PUC-SP. O evento, além de relembrar a brutalidade que foi o massacre, tem como objetivo mostrar que o sistema penal (tribunais, prisões e polícias) continua, depois de 25 anos, a torturar, matar e violar direitos de pessoas presas.

 leia mais



Ação da Polícia em casa de festa no Jacarezinho, Rio, deixa um morto, relatam moradores
25.09.2017

Luiza Sansão, Ponte

Um grupo de policiais da Core (Coordenadoria de Operações Especiais da Polícia Civil) invadiu uma casa de festas na localidade conhecida como Morrinho, na favela do Jacarezinho, Zona Norte do Rio de Janeiro, e atirou contra jovens que estavam no imóvel, segundo moradores da comunidade. Pelo menos um jovem morreu e outro, identificado como Gabriel, foi baleado no braço. Dezenas de jovens foram levados para a Cidade da Polícia em um microônibus.

 leia mais



Réus da chacina de Osasco são condenados a penas de 100 a 255 anos de prisão
22.09.2017

Maria Teresa Cruz e Arthur Stabile, Ponte

Depois de cinco dias, juri popular condena os policiais militares Fabrício Eleutério e Thiago Henklain e o guarda civil municipal Sérgio Manhanhã pela maior chacina de São Paulo, ocorrida em agosto de 2015. O trio era acusado de ter envolvimento em 17 dos 23 assassinatos ocorridos.

 leia mais



Exército invadiu a favela da Rocinha, com a cobertura das mentiras da Globo e de Jungmann
22.09.2017

Esquerda Diário

O exército invadiu a favela da Rocinha, ao contrário do que disse o Ministro da Defesa Raul Jungmann e o contra-almirante Roberto Rossatto. A rede Globo veiculou, em um primeiro momento, que o enorme aparato repressivo de cerca de 950 homens e 14 blindados atuaria no cerco. Mas a realidade foi o contrário, a imagem da página Rocinha em Foco mostram o exército subindo pela R2. A polícia pretende entrar com um mandado de busca e apreensão coletivo, dando poderes à polícia para invadir, vasculhar as casas.

 leia mais



O julgamento do caso Elton Brum da Silva
22.09.2017

MST

Durante uma reintegração de posse, em 2009, na fazenda Southall em São Gabriel, no Rio Grande do Sul, o policial militar Alexandre Curto dos Santos matou com um tiro pelas costas o Sem Terra Elton Brum da Silva. Oito anos o PM tem sido condenado por homicídio qualificado, por um juri popular. Queremos que o ocorrido com Elton Brum não se repita.

 leia mais



Estudantes da UFMG lançam campanha por uma Segurança Humanizada e contra a presença da PM no Campus
22.09.2017

Gabriel Lopo e Pamela Barbosa, Jornalistas Libres

O movimento surgiu por parte de estudantes da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), em Belo Horizonte (MG), que buscam reforçar a necessidade de boa iluminação, de aumento da ocupação do espaço, de melhores treinamentos para a guarda universitária, bem como a realização de debates, seminários, rodas de conversa e mesas redondas sobre a segurança.

 leia mais



“A polícia é o ponto cego da Democracia” – Mães de Maio lançam livro no Rio
21.09.2017

Mario Campagnani, Justiça Global

Os jovens negros e pobres são as principais vítimas da violência institucional no Brasil, mas os efeitos desses assassinatos atingem também diretamente as mães deles, que transformam seu luto em luta por justiça. Mães em Luta. Dez anos dos Crimes de Maio de 2006 é o livro que reúne 15 perfis de mulheres cujos filhos foram vítimas dos crimes. “O que vemos em países como Brasil e Argentina são polícias que foram parte da repressão da ditadura e sobreviveram para a democracia sem nenhuma reforma. O fato de a polícia não ter sido transformada gerou esse tipo de problema”, comenta Yanilda María González, professora da Universidade de Chicago, que estuda as polícias do Brasil, Argentina e Colômbia, que esteve no lançamento.

 leia mais



PM prende professor em panfletagem contra o Escola Sem Partido em Santo André (SP)
20.09.2017

Redação ABC, Esquerda Diário

Professores panfletavam na estação Santo André contra projeto "Escola Sem Partido" quando foram abordados pela PM. Depois, a polícia aproveitou a dispersão do grupo e prendeu um professor e apreendeu o celular de uma professora que telefonava para um advogado. Seus colegas protestaram pacíficamente na Delegacia e depois de que prenderam mais uma professora, os dois foram libertados.

 leia mais



Feridos pelo Estado
19.09.2017

TV PUC-SP



 Parte 1: Fogo, Borracha e Fumaça Leonardo Blecher, Pública

 Parte 2: Vítimas e culpados Leonardo Blecher, Pública


Ver arquivo de notícias
 

 

 


O desmanche da Constituição
19.10.2017

Alice Maciel, Pública

Levantamento mostra que indígenas, quilombolas e trabalhadores estão entre os que mais perderam direitos constitucionais no governo Temer; saúde, educação e meio ambiente também foram afetados.

 leia mais



Auditores do trabalho fazem grande paralisação contra impunidade ao trabalho escravo
18.10.2017

Alexandre Alves Miguez, Esquerda Diário

Fiscais do Ministério do Trabalho em 21 Estados pedem revogação imediata da Portaria emitida pelo ministro, que facilita o uso de mão de obra escrava.

 leia mais



O arrendamento de terras como tática de desterritorialização indígena no Brasil
18.10.2017

Cleber César Buzatto, CIMI

O ruralismo ampliou o raio de suas táticas anti-indígenas, em nosso país. Continua determinado a impedir as demarcações e a invadir e explorar as terras indígenas. A tentativa de legalizar o arrendamento destas terras é um forte indicativo de que estão também empenhados em tomar dos povos a posse das mesmas.

 leia mais



Dória quer servir "ração de sobras" na merenda escolar
18.10.2017

Diana Assunção, Esquerda Diário

João Dória quer aumentar a distribuição de sua ração feita de restos das indústrias alimentícias: além da população em situação de rua, o prefeito irá implementar esta ração de sobras nas merendas escolares.

 leia mais



Michel Temer e o maior ataque à fiscalização de combate ao trabalho escravo no Brasil
18.10.2017

Lucas Reis da Silva, Justificando

A Portaria nº 1.129 alterou os conceitos que definem o trabalho escravo no Brasil. As mudanças atendem a antigas reivindicações da bancada ruralista, sobre as definições da “jornada exaustiva” e da “condição degradante”. Agora, os trabalhadores poderam não receber salário e trabalharam só pela parca comida que lhes ser´s entregue para cozinhar..

 leia mais



Mais intolerância religiosa no RJ: pedradas em festa da Umbanda e pichação contra macumba
18.10.2017

Leonardo Coelho, Ponte

ques movidos à intolerância religiosa continuam acontecendo no estado do Rio de Janeiro. Uma festa de Ibeijada foi alvo de pedradas em Campo Grande, na zona Oeste do Rio. Outro caso aconteceu em Nova Iguaçu, região metropolitana da capital fluminense. Dois dias depois, o bairro de Cabuçu, em Nova Iguaçu, acordou com uma ameaça aos moradores praticantes de religiões de matriz africana. Pintada no asfalto estava escrito “O fim: os ímpios das macumba estar (sic) próximo o fim”.

 leia mais



Juízas e juízes devem conceder prisão domiciliar a presas gestantes ou com filhos pequenos
18.10.2017

Célia Regina Ody Bernardes, Justificando

O Coletivo de Advogados em Direitos Humanos (CADHu) impetrou habeas corpus coletivo “em favor de todas as mulheres submetidas à prisão cautelar no sistema penitenciário nacional que ostentem a condição de gestantes, de puérperas ou de mães de crianças sob sua responsabilidade, bem como em nome das próprias crianças”..

 leia mais



A Farsa da Justiça Democrática : o Direito ao Território Quilombola sob ameaça
17.10.2017

Gardenia Mota Ayres e Davi Pereira Junior, Justiça Global

Na arena da disputa política a ADI 3239/04 é mais um instrumento orquestrado pela bancada ruralista / conservadora e seus apoiadores contra os direitos territoriais das comunidades quilombolas. A contestação da constitucionalidade do Decreto 4.887/2003 impetrada pelo já extinto Partido da Frente Liberal (PFL), atual Democratas (DEM), escancara a solidez do projeto racista da elite aristocrática.

 leia mais



MPF e MPT pedem revogação de portaria que dificulta libertação de escravos
17.10.2017

Leandro Prazeres, UOL

O MPF (Ministério Público Federal) e o MPT (Ministério Público do Trabalho) enviaram, uma recomendação ao Ministério do Trabalho pedindo a revogação da portaria que reduziu o conceito de trabalho escravo. Para os procuradores federais e do trabalho, a portaria é ilegal e contraria o código penal e convenções internacionais.

 leia mais



Professores da UFMG desmistificam campanha contra os estudos de gênero
17.10.2017

Flavia Valle, Esquerda Diário

Professores da UFMG estão contribuindo com vídeos explicando porque o gênero não é uma ideologia e sim um conceito científico sobre a presencia social de homens e de mulheres e suas diversas formas de relações de poder.

 leia mais  asista ao vídeo Gênero e Desigualdade



Líderes de movimento de luta por moradia são presos em série de ocupações em SP
16.10.2017

Daniel Arroyo e Maria Teresa Cruz, Ponte

A desocupação do imóvel da São João foi marcada por violência policial e a detenção de três lideranças: Ivaneti de Araújo, a Neti, Hélder Luis Martins e João Batista do Nascimento. Os três foram liberados depois de passar por audiência de custódia no início da tarde de segunda-feira. Para o ouvidor geral da Defensoria Pública de São Paulo, Alderón Costa, o Estado é que deveria ser acusado de violador do direito à moradia.

 leia mais



Nove meses após prisão injusta, ambulante é lembrado em rap
16.10.2017

Kaique Dalapola, Ponte

A prisão injusta do vendedor ambulante Wilson Alberto Rosa, o Chandelly, foi lembrada na música Guetto Cypher, dos rappers Bethoven, Conspira BDC, Aliado Treze, Romão Akin e Edu Akupulla. “Até trampando o racismo vem nos caçar / salve, Chandelly, sua liberdade vai cantar / seu crime foi ser preto, ser pobre, do gueto / país eurocêntrico, aqui não tem mais jeito”, diz o trecho da música.

 leia mais



No Extremo Sul baiano, Sem Terra é assassinado em casa no Assentamento Cruz do Ouro
15.10.2017

Voz do Movimento

Um homem encapuzado, ainda não identificado, invadiu a casa do trabalhador Sem Terra João Ferreira dos Santos (56), mais conhecido como João do Ouro, no Assentamento Cruz do Ouro, localizado em Itamaraju, Extremo Sul baiano, e efetuou disparos com uma arma de fogo matando ao camponés e ferindo a seu filho, de apenas 16 anos.

 leia mais



“Guerra às drogas” transforma pessoas em situação de rua em “inimigos públicos”
13.10.2017

Gabriel Valery, Rede Brasil Atual

Às políticas direcionadas à pessoas em situação de rua devem ser vistas com suspeitas, na medida em que há muito de marketing. Políticas públicas violentas e negação de direitos é resultado de "imaginário de vícios e crimes" aplicado sobre pessoas em situação de rua, de acordo com a antropóloga Taniele Rui.

 leia mais



Após ataques a terreiros, aplicativo contra intolerância religiosa é lançado no RJ
13.10.2017

Leonardo Coelho, Ponte

O Oro Orum – Axé Eu Respeito tem como fim registrar casos de ataques contra espaços religiosos, em sua maior parte de matriz africana, recentemente alvo de ataques.

 leia mais   leia ou baixe as Diretrizes



Projeto “Escola Sem Partido” em Uberlândia gera protestos
12.10.2017

Diego Leão, Gabriel Lima e Vinicius Souza, Jornalistas Libres

Segundo professores e advogados, além de ser inconstitucional a proposta tem objetivo de institucionalizar perseguição e censura. No site dos autores do projeto há modelos de notificação extrajudicial para a criminalização de professores, e artigos contra o educador Paulo Freire, referência internacional de pedagogia. É um verdadeiro festival de fascismo, censura, manipulação, desinformação e incitação ao ódio..

 leia mais



118 crianças são encontradas em situação de trabalho infantil em Roraima
12.10.2017

Amanda Navarro, Esquerda Diário

Em operação realizada na cidade de Boa Vista, em Roraima, entre os dias 6 e 12 de outubro, o Ministério do Trabalho encontrou 118 crianças e adolescentes em situações de trabalho consideradas as piores formas de trabalho infantil. Pelo menos 13 menores de idade trabalhavam na coleta de lixo, em um aterro sanitário.

 leia mais



Juíza suspende decisão que determinou saída de 17 famílias de área quilombola
12.10.2017

Airton Marques, RD News

A juíza Rogéria Maria Castro Debelli, do Tribunal Regional Federal da Primeira Região, anulou a decisão despejou 17 famílias da comunidade do Pequizeiro, no quilombo Mata Cavalo, localizado no município de Nossa Senhora do Livramento (MT), a 56 km da Cuiabá. A área onde está situada a comunidade quilombola é alvo de uma disputa judicial que remonta 133 anos e perdura até hoje. Os lados opostos são os fazendeiros e descendentes de escravos que ocupam a terra desde o início da colonização em Mato Grosso e vivem na região até os dias atuais.

 leia mais



Gamella conquistam direito de identificação civil e de registrar crianças com o sobrenome do povo
11.10.2017

Viviane Vazzi Pedro, CIMI Maranhão

O povo indígena Akroá Gamella vem sofrendo com todo o tipo de violência causada pelo racismo, pela negativa de reconhecimento identitário. Há alguns anos, hospitais, maternidades e cartórios dos municípios maranhenses de Viana, Matinha e Penalva recusavam-se em promover até mesmo o registro civil das crianças recém nascidas como povo indígena, em afronta à Convenção 169 da Organização Internacional do Trabalho (OIT), promulgada no Brasil pelo Decreto 5.051/2004. Mas, os Akroá Gamella conquistaram uma importante decisão.

 leia mais



Entrega de Base de Alcântara aos EUA é "inadmissível"
11.10.2017

Júlia Doce, Brasil de Fato

A possibilidade de que o governo de Michel Temer (PMDB) feche um acordo de entrega do Centro de Lançamento de Alcântara (MA), aos Estados Unidos da América (EUA), tem preocupado movimentos populares e especialistas que defendem a soberania nacional.

 leia mais



“É importante enfrentar essa gente histérica, louca e ignorante”
11.10.2017

Wallace Leray, Ponte

Leonardo Moraes, lutador da equipe de MMA do Corinthians, numa conversa pelas redes sociais, chamou ao jornalista James Cimino de “verme” e “bicha do caralho” e foi além, passando dos ataques homofóbicos à ameaça de morte. “QUE VENHA BOLSONARO! E que um verme como você morra”, escreveu Moraes.

 leia mais



Racismo: Agentes da Receita Federal xingam chineses
11.10.2017

Forum

Em uma blitz realizada na rua 25 de Março, centro de São Paulo, funcionários a serviço da Receita Federal usam o termo “raça” para se referir aos chineses, os insultam com palavrões, dizem que 99% estão ilegalmente no país e que aqui “eles fodem todo mundo”. A ação foi gravada em vídeo.

 leia mais



Repúdio à exoneração do chefe da Divisão de Fiscalização para Erradicação do Trabalho Escravo
10.10.2017

CONETRAE

Em Nota, representantes de entidades da sociedade civil, instituições públicas e outros manifestam repúdio e indignação com a exoneração do chefe da Detrae, André Esposito Roston, que em audiência pública tinha relatado a falta de recursos para o combate ao trabalho escravo.

 leia mais



ONU lança guia para observadores de direitos humanos em protestos
09.10.2017

Sarah Furtado, Ponte

Diretrizes buscam dar instrumentos para sociedade civil monitorar violações de direitos e uso excessivo da força.

 leia mais   leia ou baixe as Diretrizes



A toda poderosa Abril quer demitir e pagar rescisão em 10 prestações
09.10.2017

Forum

A editora Abril, uma das maiores do país e que publica a Veja, pretende demitir dezenas de funcionários, entre jornalistas e profissionais da área administrativa. A empresa convocou trabalhadores para negociar a demissão – algo que vai virar normal com a reforma trabalhista sancionada por Temer.

 leia mais



“Se não reagirmos, em seis meses a criminalização da arte terá sido consolidada”
08.10.2017

María Martín, El País

A casa da produtora Paula Lavigne virou um quartel geral de cantores, pintores e atores. Seu apartamento tem recebido cerca de 100 artistas desde quinta-feira. Indignados e preocupados, os artistas no Rio de Janeiro está prestes a contra-atacar a onda conservadora que achou eco e capital político em denunciar exposições, peças de teatro e performances.

 leia mais



Avanço do autoritarismo no Brasil assanha os militares
08.10.2017

João Filho, The Intercept

No mesmo dia em que a bancada da bala paraense se divertia com seu presidenciável, o Estadão publicava editorial sobre as “soluções extravagantes” que começam a surgir diante da crise institucional que abala o país. A pretexto de ilustrar essas ideias pouco republicanas, o jornal publicou dois textos: um de um membro Judiciário que defende a judicialização da política, e outro do Exército, intitulado “Intervenção, legalidade, legitimidade e estabilidade”.

 leia mais



Protesto de internautas faz Dove remover campanha racista e pedir desculpas
08.10.2017

Forum

Uma mulher negra se torna branca depois de usar a loção Dove na sequência de imagens da campanha lançada pela marca e que causou revolta entre internautas, fazendo a Dove a retirar o post e pedir desculpas no seu perfil oficial.

 leia mais



“Censores defendem uma sociedade que não existe”, afirma Maria Cristina Costa
08.10.2017

Luciano Velleda, Rede Brasil Atual

“Nossa cultura censória é a mesma do passado. Os recursos são outros, mas os motivos são os mesmos. E os motivos que mais vencem qualquer resistência à veiculação de uma obra são o conteúdo político, de denúncia e crítica, e as questões de moralidade e bons costumes, além da religião”, explica Maria Cristina.

 leia mais



Presídios em SP desrespeitam a Lei de Execução Penal
07.10.2017

Josmar Jozino, Ponte

Dos 42 Centros de Detenção Provisória apenas quatro não estão lotados. Nos demais 38, os detentos enfrentam o crônico problema da superlotação. O de Pinheiros III, com capacidade para 572 detentos, abriga 1.757 ou 200% além do limite. O de Pinheiros II deveria abrigar 517 presos, porém, lá estão recolhidos 1.560.

 leia mais



MPF denuncia ex-delegados por sequestro de militante na ditadura
07.10.2017

Vermelho

O Ministério Público Federal em São Paulo denunciou dois ex-delegados do Departamento de Ordem Política e Social do Estado de São Paulo (Deops-SP) pelo sequestro do metalúrgico Feliciano Eugenio Neto, militante do Partido Comunista Brasileiro, em 1975. Neto morreu no Hospital das Clínicas, em 29 de setembro de 1976, aos 56 anos, após ter sido torturado no período em que esteve preso, segundo depoimento dos filhos.

 leia mais


Ver arquivo de notícias


 


leia
MERLINO PRESENTE!
Caderno de
Combate pela Memória


MERLINO PRESENTE!
site

 


Rua Monte Alegre 984 - Perdizes -  Prédio Novo - 4º andar - Bloco A - Sala 4E08 - CEP 05014-901 - São Paulo - SP