Movimento de Luta nos Bairros denuncia despejo de famílias à Comissão Interamericana de Direitos Humanos
21.07.2017

MLB

O Movimento de Luta nos Bairros, Vilas e Favelas (MLB) enviou uma petição de solicitação de medida cautelar contra novo despejo das famílias da Ocupação Lanceiros Negros.

 leia mais



GCMs tentam barrar distribuição de sopa na Cracolândia
21.07.2017

Marcelo Godoy, Estadão

Guardas-civis metropolitanos (GCMs) tentaram impedir na noit a distribuição de sopa quente para moradores de rua e dependentes químicos na região da Cracolândia, no centro. A denúncia foi feita pelo padre Júlio Lancellotti, da Pastoral do Povo de Rua.

 leia mais



"Não tem como perdoar", diz mãe de catador assassinado pela PM
20.07.2017

Maria Teresa Cruz e Karla Dunder, Ponte


Mãe do catador Ricardo Silva Nascimento segura a foto do filho que guarda na carteira. Foto: Maria Teresa Cruz / Ponte Jornalismo

“Em outros dias, em outros tempos, fizemos aqui a memória de Vladimir Herzog, como fizemos a memória de Santo Dias, assim como hoje fazemos a memória de Ricardo Nascimento, catador que foi executado friamente pela polícia militar de São Paulo. Lembramos também os dois moradores de rua que morreram entre o final da noite de ontem e esta madrugada.

 leia mais



O Frio, a morte e a cidade mais rica do país
19.07.2017

Silvia Ferraro, Esquerda Online

São Paulo tem, segundo os dados da própria Prefeitura e que podem estar subestimados, cerca de 25 mil pessoas vivendo em situação de rua. Quando chega o frio congelante desses dias, muitas pessoas não resistem e morrem nas calçadas.

 leia mais



"Eles assassinaram Ricardo covardemente", diz ativista sobre morte de catador em SP
19.07.2017

Júlia Dolce, Brasil de Fato


Mãe do catador Ricardo Silva Nascimento participa de ato contra violência. Foto: Júlia Dolce / Brasil de Fato

Uma missa foi celebrada pelo Padre Julio Lancellotti, importante nome na luta pelos direitos da população em situação de rua na capital paulista, e reuniu familiares, amigos, manifestantes e ativistas como a atriz Letícia Sabatella. O evento foi marcado por um ato de denúncia contra a violência policial e o assassinato da população negra, pobre e periférica.

 leia mais



Missa por um catador negro morto pela PM
19.07.2017

Patrick Mariano, Justificando

Contra o terrorismo do Estado – uma enorme faixa, com estes dizeres, posta no chão ante o altar da Catedral da Sé (São Paulo), aos sete dias do assassinato do catador Ricardo Nascimento.

 leia mais



Na catedral da Sé, para defender nossa dignidade
18.07.2017

José Carlos Ruy, Vermelho

Mulheres e homens vindos de todas as partes de São Paulo se encontrarem na Catedral da Sé, para uma missa em homenagem ao carroceiro Ricardo Nascimento, executado com dois tiros por um soldado da Polícia Militar.

 leia mais



Moradores do Jardim Peri, na periferia da zona norte de SP, acusam Rota de executar Fefeu
17.07.2017

Arthur Stabile e André Caramante, Ponte

Thiago dos Santos Ferreira era membro da Fiel Pery, braço da torcida Gaviões da Fiel no bairro da zona norte paulistana, foi morto manhã de 14 de junho, em operação da Rota.

 leia mais



O tempo da angústia
15.07.2017

Patrick Mariano, Justificando

Ricardo Teixeira dos Santos tinha 39 anos, ganhava 50 reais por dia recolhendo garrafas e materiais para reciclagem com uma carroça. Foi morto por um policial. O motivo: um pedaço de madeira com o qual possivelmente encenava o drama da sua própria vida.

 leia mais



As crianças e os adolescentes jurados de morte pela polícia e pelo tráfico de drogas
14.07.2017

J.C. da Silva, Agência Pública

Em São Paulo, burocracia e atrasos em repasses de verbas de programa especial deixam sem proteção jovens ameaçados de morte. Em 2017, 48% das ameaças vieram de policiais.

 leia mais



“A polícia matou Ricardo na frente de todo mundo”
13.07.2017

Flávia Martinelli, Gustavo Aranda, Lina Marinelli e Martha Raquel,
Jornalistas Livres

Em frente as cameras, a Polícia Militar executou um carroceiro morador de rua em pleno horário de rush, num dos bairros mais ricos de São Paulo. A PM limpou a rua antes da perícia e levou o corpo dentro da viatura da Ronda Escolar.

 leia mais



“Vi o PM apontar a arma para o pobre coitado e atirar”, afirma testemunha
12.07.2017

Kaique Dalapola, Ponte

Um carroceiro identificado como Ricardo Oliveira Santos, o Negão, 29 anos, morreu em Pinheiros, na zona oeste de São Paulo. De acordo com testemunhas, o homem foi assassinado por um policial militar com três tiros no peito. “Ouvimos a discussão, vi claramente o PM apontar a arma para o pobre coitado e depois dois tiros, e o cara estava no chão. Não foi tiroteio, não foi nem resistência armada. Foi execução”, afirma o José Augusto Alves Neto, de 62 anos, morador da região.

 leia mais



“O Bope está entrando nas favelas pra matar”
10.07.2017

Luiza Sansão, Ponte

“Os policiais do Bope entraram aqui de madrugada, bateram em morador no meio do baile, chutaram morador e saíram matando. Um menino aqui, estava todo mundo correndo e só porque ele não parou, meteram um tiro nas costas dele. E ainda comemoraram: ‘ai, tombou, tombou!’”, relata à Ponte uma moradora da Cidade de Deus, sobre a violenta operação do Batalhão de Operações Especiais da Polícia Militar que resultou na morte de Luiz Felipe da Silva Alves, de 23 anos, e Igor Batista dos Santos, deixando dez pessoas baleadas na favela, localizada na zona oeste da cidade do Rio de Janeiro.

 leia mais



Policiais militares mataram mais de 5 mil pessoas em SP nos últimos 10 anos
10.07.2017

Victor Ferreira, GloboNews

Levantamento da GloboNews baseado em dados da Secretaria estadual de Segurança Pública de São Paulo mostra que, de abril de 2007 a março de 2017, 5.026 pessoas foram mortas por policiais militares no estado. Só no primeiro trimestre deste ano, foram registradas 160 mortes causadas por PMs.

 leia mais



PMs agridem mulheres e adolescentes para acabar com baile funk em SP
10.07.2017

Kaique Dalapola, Ponte

Policiais militares usaram bombas de gás lacrimogêneo, spray de pimenta, cassetete e ameaças contra crianças, adolescentes e mulheres para acabar com um baile funk no Jardim Itajaí, bairro do Grajaú, na zona sul de São Paulo, na noite deste domingo 9 de julho.

 leia mais



O Rio em guerra. Existe solução para a violência no Brasil?
09.07.2017

Marco Aurelio Ribeiro, CartaCapital

A política da repressão praticada hoje, em todo o país, não apresenta resultados há décadas, a não ser o aumento da violência e do número de mortes; somente de janeiro a junho deste ano ocorreram mais de 2.600 tiroteios no Rio. Estes foram responsáveis por quase 800 mortes, segundo o aplicativo Fogo Cruzado, da Anistia Internacional, que registra os dados da violência no estado.

 leia mais



Ações policiais na Maré, no Rio de Janeiro, são alvo de plano contra violações de direitos
07.07.2017

Luiza Sansão, Ponte

Uma decisão da Justiça cobra mudanças na forma como as polícias atuam no Complexo de Favelas da Maré, na Zona Norte da capital fluminense, onde são registrados, há anos, diversos casos de agressões, homicídios, invasões de casas sem mandado durante operações nas comunidades.

 leia mais



Favela do Moinho chora rios de lágrimas pelo menino Leandro, assassinado pela PM
05.07.2017

Jornalistas Livres

A comunidade é um organismo vivo, e mesmo com a morte de um dos seus, ela se mantém viva. Leandro chegou! Mas sem vida, e dentro de um caixão. A mãe e a irmã choravam, enquanto acompanhavam o carro da funerária adentrar o Moinho. O olhar da irmã da vítima fuzilava todos que iam em direção a capela. Rostos raivosos, olhares revoltados.

 leia mais



Mais uma menina é morta em comunidade do Rio e pai acusa polícia
05.07.2017

Fórum

O pedreiro Leandro Monteiro de Matos, 39 anos, pai da menina Vanessa dos Santos, morta com tiro na cabeça no conjunto de comunidades no Lins de Vasconcelos, na Zona Norte do Rio, disse acreditar que a o tiro que atingiu a cabeça de sua filha partiu da arma de policiais.

 leia mais



Polícia investiga origem de tiro que atingiu bebê na barriga da mãe
04.07.2017

Luiza Sansão, Ponte

Claudinéia dos Santos Melo, grávida, de 29 anos, saia de um supermercado, e estava indo para casa, na Favela do Lixão, quando foi atingida por uma bala na região da pelve. “A criança teve um tiro transfixante de tórax; entrou no hemitórax direito e ficou presa no ombro esquerdo. Também teve uma lesão no lóbulo da orelha esquerda”. Depois a mãe ter passado por uma cesariana de emergência foi registrado ontem com o nome de Arthur, e corre risco de ficar paraplégico.

 leia mais



Moradores de favelas pedem paz em ato na orla de Copacabana
03.07.2017

Flávia Villela, EBC, Agência Brasil

Moradores de favelas do Rio de Janeiro fizeram um ato pela paz na orla de Copacabana. Eles homenagearam Marlene Maria da Conceição, de 76 anos, e Ana Cristina Conceição, de 42, mãe e filha, mortas por bala perdida no Morro da Mangueira. O ato já havia sido marcado pela Federação Municipal das Favelas do Rio (FAF-Rio) há dois meses, pois a violência e as mortes de pessoas inocentes são rotineiras nas comunidades pobres.

 leia mais



Moradores da Rocinha, no Rio, acusam PMs de matar jovem com tiro no peito
29.06.2017

Carolina Moura, Ponte

Marcos Paulo da Silva Mesquita, 16 anos, foi morto com um tiro no peito, nesta quarta-feira (28/06), na favela da Rocinha (zona sul do Rio de Janeiro). Segundo moradores da região conhecida como Cidade Nova, dentro da comunidade, policiais militares da UPP (Unidade de Polícia Pacificadora) atiraram contra o jovem. Segundo um morador, que não quis se identificar por temer represália, os policiais militares circulavam pela Cidade Nova em um carro particular quando saíram e começaram a atirar.

 leia mais



Jovem morto na Favela da Moinho foi torturado a marteladas, diz família
28.06.2017

Sérgio Silva e Fausto Salvadori, Ponte



 leia mais



Mataram ele na minha casa. Ainda o vejo no chão", diz testemunha do crime do Moinho
28.06.2017

José Eduardo Bernardes, Brasil de Fato

O assassinato de Leandro de Souza Santos conteceu por volta das 10 horas da manhã, durante uma operação militar em busca de traficantes, que supostamente estariam abastecendo usuários da Cracolândia. Santos foi morto com cinco tiros e apresentava sinais de tortura. Ele perdeu os dentes, segundo familiares, por conta de marteladas desferidas pelos policiais.

 leia mais



Polícia Civil indicia cabo da PM por matar uma adolescente dentro de escola no Rio
27.06.2017

Carolina Moura, Ponte

m inquérito policial concluiu que o cabo da PM Fábio de Barros Dias matou a estudante Maria Eduarda, 13 anos, baleada dentro de uma Escola Municipal da Zona Norte do Rio de Janeiro, em 30 de março, quando ela fazia aula de educação física. No mesmo dia em que a menina foi morta, os policiais militares Fábio e David Centeno foram flagrados executando dois homens que estavam feridos e caídos no chão, atrás do colégio.

 leia mais



Policiais atiram em jovem e Favela do Moinho protesta no centro de SP
27.06.2017

Sérgio Silva, Ponte

Moradores da Favela do Moinho, na região central da cidade de São Paulo, protestaram hoje em ruas próximas e nos trilhos da linha 8-Diamante dos trens da CPTM, depois que policiais militares balearam ao jovem Leandro de Souza Santos, de 19 anos na comunidade.

 leia mais



"A gente vem sendo hostilizado pela GCM e PM", denuncia assistente social
22.06.2017

Maria Teresa Cruz, Ponte;
Caio Castor e Pedro Ribeiro Nogueira, Agência Pavio

Durante ato em solidariedade à orientadora socioeducativa detida, assistentes sociais e de saúde que atuam na Cracolândia falaram em queda de braço com agentes da segurança. Agentes da saúde e assistentes sociais realizaram um ato na região da Luz para repudiar a prisão da colega e contra a atabalhoada reestruturação dos serviços na região e pelo direito ao cuidado e ao trabalho”.

 leia mais



Assistente social é detida por policiais ao questionar ação na Cracolândia
21.06.2017

Maria Teresa Cruz, Ponte

Uma orientadora socio-educativa que teria observado os PMs quando faziam a abordagem para revistar a mochila de duas adolescentes dependentes químicas, foi algemada, levantada su a blusa e empurrada a uma viatura pelos policiais, que deram voz de prisão por desacato. Identificada como Estela Braga Melo, a profissional presta serviço para a prefeitura de São Paulo na Praça Pincesa Isabel, atuando na abordagem de pessoas em situação de rua, usuárias de drogas. O Conselho Regional do Serviço Social de São Paulo divulgou nota de repúdio e denunciou “violência desmedida” na região por parte da polícia; os profissionais farão ato em resistência ao ocorrido.

 leia mais



Moradores protestam contra o assassinato de jovem por PM em Londrina (PR)
19.06.2017 

Gabriel Ruiz, Brasil de Fato

Moradores do bairro Cafezal, na zona Sul de Londrina, saíram às ruas para protestar pela morte de Gabriel Sartori, de 17 anos, assassinado por um policial militar à paisana, que estava de folga.

 leia mais



"Na Maré, muitos que estão morrendo nada têm a ver com o crime" Entrevista a Eliana Silva
17.06.2017

Caroline Oliveira, CartaCapital

Segundo pesquisa realizada por Eliana Sousa Silva, diretora da Redes da Maré, para 70% da população da Maré, a presença das Forças Armadas não aumentou a sensação de segurança na região. Pelo contrário: mais de 40% relataram sofrer agressões verbais e quase 60% se sentiram inseguros durante as abordagens. Os moradores são vistos pelas forças de segurança como inimigos do poder público.

 leia mais



Megaoperação policial, vendida como um sucesso, acaba revelando esquema de propinas entre PMs e criminosos
11.06.2017

Maria Martín, El País

O desabafo de um narcotraficante após sua prisão tem ajudado a esclarecer alguns detalhes de um esquema de propinas entre policiais militares de Rio de Janeiro e as facções criminosas do Estado. O capítulo fundamental deste enredo aconteceu na madrugada de 2 de maio, quando um grupo de 100 homens do Comando Vermelho (CV) armados com fuzis entrou na favela da Cidade Alta, na zona norte do Rio, disposto a retomar a comunidade das mãos de uma facção rival, o Terceiro Comando Puro. A possibilidade de que os policiais estariam se vendendo às duas facções foi reforçada com o recente esclarecimento do assassinato da líder comunitária Glória Maria dos Santos Mica em uma cilada do cabo Carlos José Costa Júnior.

 leia mais



Júlio Lancellotti refuta ação na nova Cracolândia
11.06.2017

Rede Brasil Atual

O padre Júlio Lancellotti, da Pastoral do Povo de Rua, criticou a ação realizada este 11 de junho pelo prefeito de São Paulo, João Doria, e o governador do estado, Geraldo Alckmin, na Praça Princesa Isabel, a "nova Cracolândia", centro de São Paulo. "Alguém acredita que isso vai resolver alguma coisa?! Violência contra os irmãos na Praça Princesa Isabel". Ao publicar uma foto dos policiais em ação, ele lamentou a forma como foi realizada a operação.

 leia mais

 assista aos videos de:
(1) Caio Castor 2'46"   
(2) City News 10'04"



Violência no Brasil tem cor, idade e mira nos mais pobres
05.06.2017 

Marcos Aurélio Ruy, CTB

O Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) divulgou no dia 5 de junho o relatório Atlas da Violência 2017, feito em parceria com o Fórum Brasileiro de Segurança Pública. Os números são aterradores e confirmam o genocídio negro, principalmente da juventude e das mulheres. Os dados mostram que a cada 100 pessoas assassinadas no Brasil, 71 são negras.

 leia mais



Jovem de Mariana é levada à delegacia por criticar a PM no Facebook
02.06.2017

Lucas Mantovani, Vértice

Estudante de 19 anos da Universidade Federal de Ouro Preto, foi conduzida à delegacia em Mariana por crime de desacato, após criticar a Polícia Militar em comentário no Facebook no dia 23 de maio.

 leia mais



Ministério Público diz que Doria quer “caçada humana” na Cracolândia
25.05.2017 

Felipe Betim, El País

O município havia pedido neste mesmo dia autorização da Justiça para internar à força usuários de drogas, mas o Ministério Público de São Paulo, por meio de seus promotores, classificou o pedido de "esdrúxulo" e de "retrocesso". A secretária de Direitos Humanos de São Paulo, Patrícia Bezerra, pediu demissão de seu cargo; em reunião com movimentos sociais, ela classificou a ação policial do domingo 21 de maio na Cracolândia como "desastrosa".

 leia mais



Justiça condena estado de São Paulo a indenizar família de jovem morto por PM
10.05.2017

Amanda Cieglinski, Brasil de Fato

A Justiça de São Paulo condenou o estado a pagar indenização de R$ 750 mil para a família do jovem Yago Batista de Souza, 17 anos, que estava sentado em frente ao prédio onde morava, quando foi atirado.

 leia mais



”Estou com vergonha do meu rosto”, diz sem-teto de 14 anos ferida por PM
01.05.2017

Carolina Linhares, Follha de São Paulo

O 1º de maio, em Mário Campos, região metropolitana de Belo Horizonte, Nathaly Gabriela da Silva, de 14 anos, foi atingida na boca por um tiro de borracha da PM, quando participava em uma ocupação. Perdeu 6 dentes e levou 8 pontos que ficaram marcados.

 leia mais



Morte com endereço: as cidade que concentram 80% dos assassinatos cometidos por policiais
14.03. 2016 

Thiago Guimarães

As mortes praticadas por policiais têm endereço certo no Estado de São Paulo. Em 2014, ano em que o Estado registrou aumento significativo na letalidade policial, apenas 17 das 645 cidades paulistas concentraram 81% desses casos, segundo dados da Polícia Civil. Em municípios como Osasco e Santo André, na Grande São Paulo, praticamente uma em cada três mortes violentas em 2014 foi resultado da ação da Polícia Militar ou Civil. Na capital, uma em cada quatro mortes violentas foi cometida por policial.

 leia mais


 


Observatório das Violências Policiais e dos Direitos Humanos
Rua Monte Alegre 984 - Perdizes -  Prédio Novo - 4º andar - Bloco A - Sala 4E08 - CEP 05014-901 - São Paulo - SP