Líder quilombola Flavio Gabriel Pacifico dos Santos é morto a tiros em Simões Filho (BA)
19.09.2017

Simões Filho Online

O líder Quilombola Flavio Gabriel Pacifico dos Santos, 36 anos, conhecido por todos como “Binho do Quilombo”, foi morto com pelo menos 10 tiros na cidade de Simões Filho, na região metropolitana de Salvador.

 leia mais



Wòn kò lè gbà á lówó wa! O proselitismo racista não vai nos privar da nossa ancestralidade
19.09.2017

Winnie Bueno e Marcela Lisboa, Justificando

As expressões religiosas das tradições de matriz africana são atravessadas por um histórico de supressões de direitos, limitações e criminalizações que se inserem desde o período colonial até o auge daquilo que conhecemos por estado democrático de direito.

 leia mais



Funcionário demitido pelo Metrô afirma que foi vítima de racismo
19.09.2017

Maria Teresa Cruz, Ponte

Ao longo de 15 anos, Valter ouviu que seu cabelo era "anti-higiênico" e que "não tinha genes" para operar equipamentos. Foi demitido após reagir contra ofensa racista de um passageiro.

 leia mais



Intolerância religiosa: a livre expressão do racismo brasileiro
19.09.2017

Joice Berh, Justificando

Os recentes vídeos propagados nas redes sociais, onde traficantes violentam casas de culto religioso africano (ou de dissidência africana), que trouxe para os 15 minutos de debates rasos e indignações passageiras, um sofrimento que, além de histórico é seguramente uma ramificação da expressão do racismo arraigado nas estruturas e instituições.

 leia mais



PM algema mulher negra que precisava de cuidados médicos
13.09.2017

Maria Teresa Cruz, Ponte

Testemunha que gravou vídeo afirma que, em mais de uma oportunidade, pediu aos policiais que soltassem a jovem Karen dos Santos, e acionassem o atendimento médico.

 leia mais



O significado racista por trás da mudança da faculdade de direito da UERJ
22.08.2017

Coletivo Negro Patrice Lumumba, Brasil de Fato

Há aproximadamente uma semana, fomos surpreendidos com a notícia veiculada pela mídia de mudança da Faculdade de Direito da UERJ para um prédio cedido pelo Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro (TJRJ). Embora a esmagadora maioria dos corpos docente, discente e de servidores da faculdade não ter sido sequer informada sobre a proposta, as tratativas por parte de um pequeno grupo de docentes e a presidência do TJRJ já estavam avançadas e a transferência.

 leia mais



Rafael Braga contraiu tuberculose
22.08.2017

Luiza Sansão, Ponte

Com tosse que persiste há quase um ano, internado há cinco dias sob suspeita de ter contraído tuberculose, ex-catador de latas, negro, agora prisioneiro teve diagnóstico confirmado e está sendo medicado.

 leia mais



Preocupa o silêncio ante ao massacre da população negra e pobre de Jacarezinho
21.08.2017

Samuel Lourenço Filho, Justificando

Desde a morte de um inspetor da Polícia Civil numa operação policial em uma das favelas do Rio de Janeiro, um verdadeiro caos se instalou. A favela do Jacarezinho tem sido alvos de constantes operações que nas entrelinhas é vista como ações vingativas e verdadeiro massacre em cada ocorrência, e estão moradores sendo mortos nos confrontos que duram mais de 7 dias .

 leia mais



Dos traficados com drogas aos traficantes de drogas: racismo e proibicionismo no Brasil
17.08.2017

Henrique Oliveira, Justificando

A história do povo negro no Brasil desde que fomos trazidos da África é atravessada pela relação com as drogas, seja como moeda de troca no tráfico atlântico, ou na contemporaneidade, onde pessoas negras são mortas e presas em massa pela política criminal de drogas, que ainda nos mantém acorrentados.

 leia mais



Charlottesville é aqui
14.08.2017

Joice Berth, Justificando

O Brasil é um país de exaltação escancarada da brancura. Não queremos conhecer a cultura que deriva da presença dos povos africanos no nosso país e quando o fazemos, somos cínicos em usurpar, distorcer e excluir o componente cultural africano que é formador dessa cultura.

 leia mais



Manutenção de prisão de Rafael Braga por TJRJ causa revolta nas redes sociais
08.08.2017

Justificando

Por 2 votos a 1, o Tribunal de Justiça do Rio do Janeiro (TJRJ) manteve a prisão de Rafael Braga, com base única nas palavras do policial que efetuou a prisão e cujo depoimento foi posto em dúvida por testemunha ocular e pelo próprio acusado. Rafael se tornou símbolo da discussão acerca do racismo no Poder Judiciário.ça.

 leia mais



Seis moradores de área quilombola morrem em chacina na Chapada Diamantina
08.08.2017

Mário Bittencourt, Correio

As vítimas moravam em duas casas vizinhas e foram mortas dentro dos imóveis - quatro em uma casa e dois em outra - por homens que estavam em um veículo preto não identificado. Em menos de um mês, oito trabalhadores rurais quilombolas são mortos na Bahia.

 leia mais



Retomada do julgamento sobre titulação de territórios: uma ameaça aos direitos quilombolas
01.08.2017

Lilian C.B. Gomes e Cesar Augusto Baldi, Justificando

Os quilombolas, por exemplo, passam por um momento de grande tensão e ameaça de perda de garantias, pela Ação Direta de Inconstitucionalidade 3239/2004, que questiona o direito de propriedade das comunidades quilombolas e pode paralisar o andamento dos processos para titulação de terras no Incra, além de ameaçar os quilombos já titulados.

 leia mais



Negros fazem ato no centro de SP por habeas corpus a Rafael Braga
01.08.2017

Sérgio Silva, Ponte

Véspera do julgamento do habeas corpus impetrado pela defesa de Rafael Braga, o Movimento Negro de São Paulo, organizado através da Frente Alternativa Preta, realizou um ato na região central da capital paulista pela liberdade do ex-catador de latas. Durante ato, os ativistas marcharam até Cracolândia e pediram fim da violência de Estado na região.

 leia mais



Angela Davis compara encarceramento à escravidão moderna
27.07.2017

Midiã Noelle, Jornalistas Livres

O “sistema carcerário industrial” alimenta os presídios de corpos negros em uma escala global. A lógica do punitivismo do encarceramento tem “mantido ligações muito óbvias com o sistema de escravização”.

 leia mais



Quando 9g de racismo pesam mais que 129kg de maconha
26.07.2017

Henrique Oliveira, Justificando

Breno Fernando Solon Borges, que é dono de uma metalúrgica e serralheria em Campo Grande no Mato Grosso do Sul, é filho da presidente do Tribunal Regional Eleitoral do Mato Grosso do Sul, preso carregando junto com outras pessoas em dois carros, 129 quilos de Maconha, uma pistola nove milímetros e 199 munições de fuzil calibre 7,62, conseguiu liberdade para que cumprir tratamento psiquiátrico. Enquanto isso, Rafael Braga, um jovem negro e pobre, catador de material reciclável, foi condenado há 11 anos de prisão.

 leia mais



Marcha das mulheres negras e indígenas pediu o fim da violência de gênero e de raça
26.07.2017

Maria Teresa Cruz, Ponte

Organizada pelo coletivo autônomo Marcha das Mulheres Negras de São Paulo, a “Marcha de Mulheres Negras e Indígenas por nós, por todas nós, pelo bem viver” começou na praça Roosevelt e continuou até o Largo do Paissandu

 leia mais



Após críticas e protestos, uma FLIP mais diversa
26.07.2017

Tory Oliveira, Carta Capital

Após pressão dos movimentos negros, de protestos e de ser acusada de ser um “arraial da branquitude”, com centro na obra de Lima Barreto, a 15ª edição da Festa Literária de Paraty tem 46 autores, entre eles, 24 mulheres, inclui 30% de autores negros em sua programação.

 leia mais



Julgamento no STF ameaça direitos quilombolas
25.07.2017

Daniela Fichino, Justiça Global

Trata-se do embate jurídico de maior importância para os direitos quilombolas desde a promulgação da Constituição de 1988, que reconheceu, no art. 68 do ADCT, o direito dessas comunidades aos seus territórios ancestrais. Uma grande mobilização está prevista para esta data em Brasília, reunindo comunidades quilombolas de todo o país.

 leia mais



Para Juristas, decisão que cerceia candomblé é inconstitucional e se vale de racismo
21.07.2017

Justificando

O caso de repressão e intolerância religiosa sofrido por uma casa de candomblé localizada na região metropolitana de Belo Horizonte/MG, em que a Justiça estipulou um conjunto de regras para a realização dos cultos, levantou críticas de juristas. Para a Iyaloríxa Winnie Bueno, “o caso está relacionado com uma regulação que, aparentemente, é jurídica. Trata-se de uma tentativa de suprimir a liberdade religiosa e o livre direito ao culto”.

 leia mais



Lindomar Fernandes Martins, quilombola, foi assassinado em comunidade do município de Lençóis, Bahia
17.07.2017

CPT

Mais um crime envolvendo trabalhador rural quilombola aconteceu na Bahia. Dessa vez na região da Chapada Diamantina.

 leia mais



Grêmio e Aranha, uma história de racismo perverso e continuado
17.07.2017

Breiller Pires, El País

Visto por dirigentes como “pessoa perigosa”, goleiro revive o trauma dos ataques racistas.

 leia mais



Líder quilombola Junior Mota foi assassinado na Bahia
14.07.2017

MPA

O líder camponês e quilombola, José Raimundo Mota de Souza Júnior foi assassinado a tiros no quilombo de Jiboia, interior do município de Antonio Gonçalves (BA), enquanto trabalhada no campo com um irmão e um sobrinho.

 leia mais



Sociologia e o mundo das leis: racismo, desigualdades e violência
05.07.2017 

Paulo Ramos, Justificando

Para quem debate a partir do campo da sociologia das relações raciais, podemos encontrar três exemplos em que nos deparamos com o mundo das leis. Um deles, da primeira metade do século XX, quando da criminalização do racismo; mais recentemente podemos citar a formulação das ações afirmativas; e outro exemplo bem atual, quando debatemos o Genocídio da Juventude Negra.

 leia mais



Religiosos lutam para libertar orixás da polícia
04.06.2017 

Juliana Gonçalves, The Intercept

No início do século XX, a prática das religiões de matriz africana era considerada crime pelo código penal e diversos objetos ritualísticos seus foram apreendidos em batidas policiais. Mais de 100 anos depois, líderes religiosos e ativistas do movimento negro buscam a transferência desta parte da história para um local apropriado e de exaltação à cultura negra através da campanha “Liberte o Nosso Sagrado”.

 leia mais



Após ser vítima de racismo, estudante abandona curso de Direito no Mackenzie Rio
20.06.2017 

Norma Odara, Brasil de Fato

Uma das colegas da estudante de direito Alba Cristina da Silva Conceição, que cursava o segundo semestre, no Instituto Presbiteriano Mackenzie, no Rio de Janeiro (RJ), se referiu a ela como "macaca" e a suas filhas como "macacas pretas e faveladas que pus pra fora". Alba afirmou ao Brasil de Fato que foi até a universidade para falar com a coordenação, mas que eles trataram a situação de maneira “rasa e superficial”.

 leia mais



Violência no Brasil tem cor, idade e mira nos mais pobres
05.06.2017 

Marcos Aurélio Ruy, CTB

O Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) divulgou no dia 5 de junho o relatório Atlas da Violência 2017, feito em parceria com o Fórum Brasileiro de Segurança Pública. Os números são aterradores e confirmam o genocídio negro, principalmente da juventude e das mulheres. Os dados mostram que a cada 100 pessoas assassinadas no Brasil, 71 são negras.

 leia mais



Em pleno século XXI, quilombolas ainda têm que lutar por direitos básicos
19.05.2017 

Juliana Gonçalves e Thiago Dezan, The Intercept

Passados 129 anos desde a abolição da escravatura, os quilombos continuam sendo locais necessários à resistência da população negra. A ancestralidade negra vira combustível para a luta atual contra o racismo e pelo direito à terra – ameaçado ainda mais pelo governo Michel Temer, que paralisou as demarcações das terras quilombolas. O reconhecimento das comunidades remanescentes de quilombos é uma forma de reparar os danos do período escravagista sentidos ainda hoje.

 leia mais


O assassinato de Umbico, Quilombo do Charco
18.04.2017

CPT

Movimento Quilombola do Maranhão (MOQUIBOM) e a Comissão Pastoral da Terra no Maranhão vêm a público se manifestar sobre o assassinato de Raimundo Silva, Umbico, no último dia 12 de abril, no Quilombo do Charco, em São Vicente Férrer, no Maranhão.

 leia mais



Morte com endereço: as cidade que concentram 80% dos assassinatos cometidos por policiais
14.03. 2016 

Thiago Guimarães

As mortes praticadas por policiais têm endereço certo no Estado de São Paulo. Em 2014, ano em que o Estado registrou aumento significativo na letalidade policial, apenas 17 das 645 cidades paulistas concentraram 81% desses casos, segundo dados da Polícia Civil. Em municípios como Osasco e Santo André, na Grande São Paulo, praticamente uma em cada três mortes violentas em 2014 foi resultado da ação da Polícia Militar ou Civil. Na capital, uma em cada quatro mortes violentas foi cometida por policial.

 leia mais



Observatório das Violências Policiais e dos Direitos Humanos
Rua Monte Alegre 984 - Perdizes -  Prédio Novo - 4º andar - Bloco A - Sala 4E08 - CEP 05014-901 - São Paulo - SP