Seminário 25 anos do massacre no Carandiru

Coordenação Pastoral do Seviço da Caridade, Justiça e Paz da Arquidiosece de São Paulo e PUC-SP


25 e 26 de setembro de 2017
Rua Monte Alegre, 1024, Perdizes, São Paulo.



Réus cometeram chacina de Osasco, afirma PM da Corregedoria
18.09.2017

Maria Teresa Cruz, Ponte

Com atraso de 3 horas, o primeiro dia do julgamento dos policiais militares e de um guarda civil municipal, acusados de participar da maior chacina da história de São Paulo, teve 4 depoimentos, dos 6 previstos.

 leia mais



SP: Reunião no Ministério Público mostra violência policial
15.09.2017

Igor Carvalho, CUT

“Ministério Público de São Paulo foi palco da audiência pública que debateu a violência policial e as possibilidades de controle externo da ação da corporação. A cada depoimento das mães que perderam seus filhos em chacinas comandadas por agentes do Estado, se escancarava a violência policial diante dos olhos do Procurador-Geral da Justiça do Estado.

 leia mais



Às vésperas de julgamento, Osasco enfrenta boatos de toque de recolher e ameaças
15.09.2017

Fausto Salvadori, Ponte

“Dizem que, se tiver condenação, a PM vai matar para se vingar, e, se tiver absolvição, vai matar para comemorar”, relata mãe de uma das vítimas da chacina de 2015.

 leia mais



Comissão aprova foro privilegiado para crime de militar contra civil
14.09.2017

Agência Estado, R7

A Comissão de Relações Exteriores do Senado aprovou o projeto que transfere à Justiça Militar o julgamento de crimes dolosos, como homicídios, praticados por militares contra civis, desde que durante missões. A medida tem como pano de fundo o aumento da utilização das Forças Armadas em ações de segurança pública, como o policiamento em comunidades do Rio de Janeiro.

 leia mais



PM destrói equipamento de som com blindado e bomba na Baixada Fluminense
13.09.2017

Luiza Sansão, Ponte

A bordo do Caveirão, policiais derrubaram e explodiram caixas de som da equipe em um evento de funk e pagode na favela Engenheiro Pedreira. É o quinto caso desde março.

 leia mais



PM algema mulher negra que precisava de cuidados médicos
13.09.2017

Maria Teresa Cruz, Ponte

Testemunha que gravou vídeo afirma que, em mais de uma oportunidade, pediu aos policiais que soltassem a jovem Karen dos Santos, e acionassem o atendimento médico.

 leia mais



"Tô morrendo hoje": pedreiro avisou que seria morto dentro de Delegacia
10.09.2017

Luiza Sansão, Ponte

Em ligação gravada, Fernando disse a parentes que estava na 45ª DP, no Alemão, Rio de Janeiro: ‘os caras estão querendo me matar aqui’. Depois, foi achado morto com sinais de tortura.

 leia mais



PM reprime ato antifascista no centro de São Paulo
07.09.2017

Lucas Martins, Jornalistas Livres

A Polícia Militar atacou manifestação com cerca de 200 autonomistas, que protestavam pacificamente contra a perda de direitos, na Praça Roosevelt em São Paulo. “Já jogaram umas seis bombas, e a gente não está entendendo qual o motivo”, afirmou uma manifestante. A jovem Jéssica, foi imobilizada na avenida Consolação, perto da praça Roosevelt, por vários policiais que a obrigaram a se ajoelhar no chão (típica humilhação). Algemada, ela foi conduzida ao 78º DP.

 leia mais



"Disseram que vão me buscar até no inferno"
02.09.2017

José Maria Tomazela, Estadão

O gesseiro Roberto Rodrigues Nunes, de 28 anos, morador de Sorocaba (SP) denunciou ter sido torturado por três PMs durante três horas e meia: "Tenho medo por mim, por meus pais".

 leia mais



HQ: Ricardo Silva, executado pela PM
31.07.2017

Bruno Nobru, Ciro Barros e Julio Falas, Pública

Conhecido como Negão, o carroceiro tinha 39 anos. Esta reportagem, com disenhos conta sua história.

 leia mais



Depois de um ano em coma após abordagem policial, morre filho de rapper em SP
30.08.2017

Luiza Sansão, Ponte

Eric Augusto Corbacho de Lima, de 26 anos, encontrava-se em coma desde 12 de agosto de 2016, um dia depois de ser detido por policiais civis na região central da cidade de São Paulo e levado para a carceragem provisória do 78º DP (Distrito Policial), no bairro Jardins. Sua luta pela vida, que durou 12 meses e sete dias.

 leia mais



Massacre de Pau D’Arco – Laudo da PF constata o óbvio, foi crime de Estado
29.08.2017

Mario Campagnani, Justiça Global

O que já estava evidente foi sacramentado, com a apresentação do laudo da Polícia Federal que não deixa dúvidas, foi um crime de Estado.

 leia mais



Tiro que matou jovem em baile funk veio da PM, dizem testemunhas
29.08.2017

Maria Teresa Cruz, Ponte, e Caio Castor, Agência Pavio

Lucas Miranda da Silva morreu após ser baleado durante ação policial na zona norte de SP; enterro na Favela do Moinho foi marcado por revolta.

 leia mais



Carta-branca para PM apreender objetos de crime de policial contra civil é injustificável
28.08.2017

Humberto Barrionuevo Fabretti e Pedro Henrique Demercian, Justificando

A ilegal e inconstitucional Resolução do Tribunal de Justiça Militar terá, não se duvida, efeito imediato na impunidade de crimes específicos contra a vida perpetrados por policiais militares, em face do notório e evidente prejuízo para as investigações.

 leia mais



Parece reprise, mas não é. PM agride jovens em baile funk na Zona Leste de SP
28.08.2017

Forum

Policiais militares agrediram com cassetetes jovens que participavam de um baile funk de rua, chamado de “fluxo”, na comemoração ao aniversário do Parque São Rafael, Zona Leste de São Paulo. Um vídeo mostra dois policiais batendo nos jovens.

 leia mais   assista ao vídeo de AB News



PM usou tortura e hostilidade sexual contra protesto, dizem estudantes
25.08.2017

Maria Vitória Ramos e Maria Teresa Cruz, Ponte

Estudantes secundaristas que participaram de um protesto contra os cortes no passe livre estudantil, decretados pelo prefeito de São Paulo, João Doria (PSDB), afirmam que foram espancados. Policiais teriam obrigado secundaristas a comer papel e usado homens para revistar meninas.

 leia mais



Denúncia do despejo na comunidade de Canabrava, em Buritizeiro (MG)
24.08.2017

Conselho Pastoral dos Pescadores

A Policia Militar (PM-MG) chegou e destruiu todos os barracos que a comunidade havia reconstruído. As famílias estão refugiadas na ilha da Esperança, e, durante o dia, na atividade de pesca, mesmo estando no canal do rio, tiros são disparados desde a margem onde os jagunços do fazendeiro estão fazendo guarda.

 leia mais



Videorreportagem mostra o caso da invasão de PMs em audiência pública em Santos
16.08.2017

Forum

Estudantes e professores, que foram intimidados por um grupo de policiais militares em universidade, explicam o que ocorreu.

 leia mais   assista ao vídeo



Helicóptero da PM mata morador do Jacarezinho, segundo testemunhas
16.08.2017

Carolina Moura, Ponte

Uma operação deflagrada pela Polícia Militar na favela do Jacarezinho, na zona norte do Rio, matou um morador vendedor de legumes, conhecido como Tião, da região do Sacolão, com tiros disparados pelo helicóptero Águia da PM. A operação foi iniciada após o assassinato de um policial do Core na região.

 leia mais



“Eles não estavam lá à toa; alguém determinou”
15.08.2017

Ciro Barros, Pública

Adilson Paes oficial aposentado da PM, mestre em Direitos Humanos, cobra punição aos superiores hierárquicos dos policiais que hostilizaram docentes e estudantes na Unifesp, durante discussão do Plano Estadual de Educação em Direitos Humanos de São Paulo.

 leia mais



Moradores da Cracolândia sofrem com sítio violento
15.08.2017

Cecília Bacha, Katia Passos e Gabriela Forabelli, Jornalistas Livres

Moradores da região da chamada Cracolândia são expostos a humilhações diárias levadas a cabo por policiais da GCM e da PM.

 leia mais



Policiais fardados e armados ocupam audiência pública sobre direitos humanos e intimidam professores e alunos
13.08.2017

Adunifesp, VioMundo

Na Universidade Federal de São Paulo, Campus Baixada Santista, durante a Audiência Pública convocada pelo Conselho Estadual da Condição Humana para discutir o texto do Plano Estadual de Educação em Direitos Humanos de São Paulo, o campus foi ocupado por policiais, e a calçada do portão principal ficou abarrotada de viaturas da Polícia Militar. Estudantes e professores que se manifestaram pacificamente com cartazes em defesa da Escola Pública e dos Diretos Humanos foram hostilizados.

 leia mais



Ato de mães relembra mortos e cobra justiça dois anos após chacina em Osasco e Barueri
11.08.2017

Arthur Stabile, Ponte

Mães e parentes das 19 vítimas dos ataques do dia 13 de agosto de 2015 protestaram no Masp, pouco mais de um mês antes do início do julgamento de PMs e GCM acusados de participação nos crimes.

 leia mais



Pau D’Arco: policiais soltos colocam testemunhas em risco e comprometem investigação
09.08.2017

Mario Campagnani, Justiça Global

As investigações do Massacre de Pau D’Arco sofreram um forte revés com a decisão do juiz substituto Jun Kubota de libertar os 13 policiais presos temporariamente acusados do crime. Há provas colhidas nas investigações de que esses agentes públicos, em liberdade, tentaram impedir o andamento do caso, desde vigiar quem entrava na sede da Polícia Federal em Redenção, até ameaçar policiais que estavam no local no dia da morte dos 10 trabalhadores, mas não participaram dos assassinatos.

 leia mais



Acusado de agir como ‘justiceiro’, PM é condenado a 14 anos de prisão
09.08.2017

Kaique Dalapola, Ponte

O soldado da PM Eduardo Alexandre Miquelino foi condenado pela Justiça de São Paulo a 14 anos de prisão e à perda do cargo público, pelo homicídio de Carlos Cotrim da Silva, em dezembro de 2014, no Capão Redondo, zona sul paulistana. O Tribunal de Justiça Militar ainda aponta que o soldado Miquelino é investigado por outras oito mortes.

 leia mais



Em Contagem (MG), PM trata Parada LGBT com ofensas homofóbicas e violência
07.08.2017

Rafaella Dotta, Brasil de Fato

O ativista Gleyk Silveira afirma que por mais de dez vezes viu policiais militares insultarem casais gays e assediar casais de lésbicas. Gleyk, que também é vice-presidente da União Nacional de Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis e Transsexuais de MG (UNA LGBT), teve o celular e óculos quebrados por um cassetete de madeira, quando filmava uma das agressões físicas que mais tarde presenciou.

 leia mais



Policiais Antifascismo realizam 1º Seminário Nacional em setembro
05.08.2017

Policial Pensador

O movimento Policiais Antifascismo, formado por profissionais de segurança pública de várias corporações e em vários estados brasileiros, prepara o seu primeiro seminário nacional. O evento, será realizado no Rio de Janeiro nos dias 28 e 29 de setembro, e tem o apoio da seccional da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) daquele estado.

 leia mais



Após ameaça a testemunhas, PMs suspeitos de matar menino são presos
04.08.2017

Fausto Salvadori, Ponte

Justiça decretou prisão preventiva de Jefferson Alves, o Negão da Madeira, e Thiago Quintino, acusados de espancar até a morte o estudante Gabriel Paiva, 16 anos.

 leia mais



Polícia de SP investiga se jovem baleado pelas costas está preso injustamente
04.08.2017

Arthur Stabile, Ponte

A Corregedoria da PM e a Polícia Civil investigam se houve erro de policiais militares na prisão de Jonathan de Araújo Souza, de 18 anos, acusado por roubo de moto. No dia 9 de julho, uma perseguição na Cidade Ademar, zona sul de São Paulo acabou com a prisão do jovem, baleado pelas costas. Segundo a defesa, houve confusão de suspeitos.

 leia mais



Chegada da tropa de choque em fazenda Santa Maria nas proximidades da aldeia Te’ Ýikue em Caarapó-MS
02.08.2017

Caarapó News

Uma testemunha registrou o momento da entrada de cerca de 90 homens da tropa de choque da Polícia Militar, na Fazenda Santa Maria, nas proximidades da aldeia guaraní Te’ Ýikue, em Caarapó, como objetivo evitar que os indígenas retomem as terras.

 leia mais   assista ao video



PMMG faz prisões arbitrarias contra quilombo centenario
02.08.2017

Caio Santos, Jornalistas Livres

A PM de Minas Gerais se expôs novamente ao ridículo, agredindo e prendendo 4 moradores do Quilombo dos Luízes, Oeste de Belo Horizonte. Ao invés de defender a comunidade de um invasor, levaram o Batalhão de Choque, ameaçando prender todos os negros e levando quatro presos até a delegacia..

 leia mais



MP denuncia dois oficiais do comando de Polícia Pacificadora por violações no Alemão
01.08.2017

Luiza Sansão, Ponte

Comandantes da Coordenadoria de Polícia Pacificadora e da UPP Nova Brasília foram denunciados por constrangimento ilegal e invasão de domicílio.

 leia mais



Organizações de direitos humanos temem que PF não conclua investigações em Pau D'Arco
31.07.2017

Lilian Campelo, Brasil de Fato

O Conselho Nacional de Direitos Humanos (CNDH) e o Comitê Brasileiro de Defensoras e Defensores de Direitos Humanos estão apreensivos com o andamento das investigações da Polícia Federal (PF) sobre a chacina de Pau D’Arco, no Pará.

 leia mais



HQ: Ricardo Silva, executado pela PM
31.07.2017

Bruno Nobru, Ciro Barros e Julio Falas, Agência Pública

Conhecido como Negão, o carroceiro tinha 39 anos. Esta reportagem, com disenhos conta sua história.

 leia mais



Morre no Rio bebê que foi baleado quando ainda estava na barriga da mãe
30.07.2017

Cristina Indio do Brasil, EBC, Agência Brasil

O bebê Arthur Cosme de Melo morreu hoje (30) no Hospital Estadual Adão Pereira Nunes, em Saracuruna, na Baixada Fluminense, exatamente um mês depois de ser atingido por um tiro ainda no útero da mãe, na Favela do Lixão.

 leia mais



A cada dois dias, cinco pessoas são mortas pela PM em São Paulo
29.07.2017

Rute Pina, Brasil de Fato

No primeiro semestre de 2017 foram mortas 459 pessoas por policiais militares no estado de São Paulo, o maior dos últimos 14 anos, um recorde na comparação com os primeiros seis meses dos anos anteriores. 30 policiais foram mortos no mesmo período.

 leia mais



PM é preso sob a suspeita de ajudar policiais na execução de jovens na zona norte de SP
29.07.2017

Carlos Castro e André Caramante, Ponte

Investigações da Polícia Civil apontaram colaboração de soldado em suposto homicídio praticado por dois PMs em 7 de julho deste ano.

 leia mais



Família acusa PM de matar aposentado de 70 anos no ABC
28.07.2017

Carlos Castro, Ponte

A família do pedreiro aposentado Ângelo da Conceição, de 70 anos, afirma que o idoso foi morto ao ser baleado no peito por um policial militar no bairro do Areião, em São Bernardo do Campo, no ABC Paulista. “Enquanto meu tio estava indo na feira, um rapaz suspeito de estar foragido passou. Foi quando o policial atirou e o antingiu”, afirma o analista de sistemas Josuel Rodrigues.

 leia mais



Moradores do Moinho falam em rotina de repressão da PM, um mês após morte de jovem
27.07.2017

Claudia Rocha, Ponte

Há exatamente um mês, policiais militares da Rota executaram Leandro de Souza Santos, dentro da casa de uma moradora, na favela do Moinho, no centro de São Paulo. Testemunhas do assassinato relembram os fatos, parentes e amigos falam da saudade, e moradores contam que após a morte do jovem, a repressão policial aumentou na região.

 leia mais



E se a classe média de Pinheiros tivesse se omitido?
24.07.2017

Eliane Brum, El País

Do Massacre do Carandiru ao assassinato do carroceiro, rede de impunidade dá "carta-branca" para matadores.

 leia mais



PMs, juízes, promotores e nós: o complexo ciclo da violência policial
22.07.2017

Gil Alessi, El País

Do Massacre do Carandiru ao assassinato do carroceiro, rede de impunidade dá "carta-branca" para matadores.

 leia mais



Presa sete vezes em manifestações, adolescente acusa PM de perseguição
20.07.2017

Fausto Salvadori e Daniel Arroyo, Ponte

Em menos de um ano, esta adolescente de 17 anos já foi detida sete vezes pela PM quando participava de passeatas. Ela, seus amigos e advogados não têm dúvidas: afirmam que a adolescente foi “marcada” pelos policiais e vem sendo vítima de detenções arbitrárias, com o único objetivo de tirá-la das ruas. Ela afirma que policiais ameaçaram “forjar flagrante” para deixá-la na cadeia quando for maior de idade. “Não quero ser o próximo Rafael Braga”, diz.

 leia mais



"Eles assassinaram Ricardo covardemente", diz ativista sobre morte de catador em SP
19.07.2017

Júlia Dolce, Brasil de Fato


Mãe do catador Ricardo Silva Nascimento participa de ato contra violência. Foto: Júlia Dolce / Brasil de Fato

Uma missa foi celebrada pelo Padre Julio Lancellotti, importante nome na luta pelos direitos da população em situação de rua na capital paulista, e reuniu familiares, amigos, manifestantes e ativistas como a atriz Letícia Sabatella. O evento foi marcado por um ato de denúncia contra a violência policial e o assassinato da população negra, pobre e periférica.

 leia mais



Manifestação por passe livre termina com uma pessoa ferida e quatro detidas
19.07.2017

Daniel Arroyo e Maria Teresa Cruz, Ponte

Protesto começou na avenida Paulista e seguia pacífico, quando um PM agrediu com um cassetete à moradora de rua Maria, que, desde a Paulista, acompanhava o protesto com os estudantes. Maria foi golpeada do lado esquerdo da cabeça e sangrava muito. Nno final, estudantes promoveram um "catracaço" que terminou em pancadaria e detenções pelos seguranças do Metrô.

 leia mais



Moradores do Jardim Peri, na periferia da zona norte de SP, acusam Rota de executar Fefeu
17.07.2017

Arthur Stabile e André Caramante, Ponte

Thiago dos Santos Ferreira era membro da Fiel Pery, braço da torcida Gaviões da Fiel no bairro da zona norte paulistana, foi morto manhã de 14 de junho, em operação da Rota.

 leia mais



Brutal despejo de acampados Sem Terra em Conceição da Barra, Espírito Santo
17.07.2017

MST

Os acampados, que transformaram um canavial abandonado em 50 hectares de produção saudável de alimentos, viram suas casas e lavouras serem destruídas por tratores e uma tropa de choque.

 leia mais



O tempo da angústia
15.07.2017

Patrick Mariano, Justificando

Ricardo Teixeira dos Santos tinha 39 anos, ganhava 50 reais por dia recolhendo garrafas e materiais para reciclagem com uma carroça. Foi morto por um policial. O motivo: um pedaço de madeira com o qual possivelmente encenava o drama da sua própria vida.

 leia mais



As crianças e os adolescentes jurados de morte pela polícia e pelo tráfico de drogas
14.07.2017

J.C. da Silva, Agência Pública

Em São Paulo, burocracia e atrasos em repasses de verbas de programa especial deixam sem proteção jovens ameaçados de morte. Em 2017, 48% das ameaças vieram de policiais.

 leia mais



Guarda Civil de Florianópolis fere gravemente gari grevista
13.07.2017

Raquel Wandelli, Jornalistas Livres

Em greve há três dias contra um projeto que abre caminho para a privatização dos serviços de coleta e limpeza, os operários da Companhia de Melhoramentos da Capital de Florianópolis sofreram uma emboscada na calada da noite. Seis trabalhadores foram feridos com tiros de bala de borracha à queima roupa pela guarda civil. Um deles foi atingido no abdômen e hospitalizado em estado grave no Hospital de Caridade. Segundo o presidente do sindicato Sintrasem, ele se encontra estável agora.

 leia mais



Investigações comprovam autoria de policiais em massacre no Pará
13.07.2017

Justificando

A secretaria estadual de Segurança Pública e Defesa Social (Segup) e a Polícia Civil paraense admitiram que as investigações e laudos periciais apontam que, ao contrário do que afirmam os policiais que participaram da ação, não houve confronto com os posseiros, que podem ter sido executados. "Se juntarmos todos os laudos, não tenho dúvida de que não houve confronto... Pelo que foi apurado, tudo indica que não houve confronto e, sim, um desfecho inaceitável", disse o delegado-geral, Rilmar Firmino, durante entrevista coletiva.

 leia mais



“Vi o PM apontar a arma para o pobre coitado e atirar”, afirma testemunha
12.07.2017

Kaique Dalapola, Ponte

Um carroceiro identificado como Ricardo Oliveira Santos, o Negão, 29 anos, morreu em Pinheiros, na zona oeste de São Paulo. De acordo com testemunhas, o homem foi assassinado por um policial militar com três tiros no peito. “Ouvimos a discussão, vi claramente o PM apontar a arma para o pobre coitado e depois dois tiros, e o cara estava no chão. Não foi tiroteio, não foi nem resistência armada. Foi execução”, afirma o José Augusto Alves Neto, de 62 anos, morador da região.

 leia mais



Prisão de 13 policiais envolvidos no Massacre de Pau D’Arco é um passo importante para chegar aos mandantes
11.07.2017

CBDDH

Neste momento delicado do caso, é necessário que o governo do Pará e o governo federal atuem de forma contundente para garantir a segurança dos trabalhadores rurais. A prisão dos acusados certamente aumentará a tensão na região, o que pode gerar ainda mais mortes. Para evitar que isso aconteça, o Estado tem a obrigação de garantir a proteção dos camponeses, familiares das vítimas e de todas e todos aqueles que estão cobrando Justiça.

 leia mais



“O Bope está entrando nas favelas pra matar”
10.07.2017

Luiza Sansão, Ponte

“Os policiais do Bope entraram aqui de madrugada, bateram em morador no meio do baile, chutaram morador e saíram matando. Um menino aqui, estava todo mundo correndo e só porque ele não parou, meteram um tiro nas costas dele. E ainda comemoraram: ‘ai, tombou, tombou!’”, relata à Ponte uma moradora da Cidade de Deus, sobre a violenta operação do Batalhão de Operações Especiais da Polícia Militar que resultou na morte de Luiz Felipe da Silva Alves, de 23 anos, e Igor Batista dos Santos, deixando dez pessoas baleadas na favela, localizada na zona oeste da cidade do Rio de Janeiro.

 leia mais



Justiça manda prender 13 policiais por massacre de sem-terra no Pará
10.07.2017

Carlos Madeiro, UOL notícias

A Justiça do Pará acolheu pedido do Ministério Público Estadual e determinou a prisão temporária de 11 policiais militares e dois policiais civis que atuaram durante o massacre de dez trabalhadores rurais no município de Pau D'Arco, no dia 24 de maio. Os policiais afirmam que houve troca de tiros durante a ação, mas a perícia concluiu que nenhum dos carros ou coletes dos policiais foi alvejado, reforçando a versão das vítimas de que os policiais chegaram atirando ao local.

 leia mais



Policiais militares mataram mais de 5 mil pessoas em SP nos últimos 10 anos
10.07.2017

Victor Ferreira, GloboNews

Levantamento da GloboNews baseado em dados da Secretaria estadual de Segurança Pública de São Paulo mostra que, de abril de 2007 a março de 2017, 5.026 pessoas foram mortas por policiais militares no estado. Só no primeiro trimestre deste ano, foram registradas 160 mortes causadas por PMs.

 leia mais



PMs agridem mulheres e adolescentes para acabar com baile funk em SP
10.07.2017

Kaique Dalapola, Ponte

Policiais militares usaram bombas de gás lacrimogêneo, spray de pimenta, cassetete e ameaças contra crianças, adolescentes e mulheres para acabar com um baile funk no Jardim Itajaí, bairro do Grajaú, na zona sul de São Paulo, na noite deste domingo 9 de julho.

 leia mais



O Rio em guerra. Existe solução para a violência no Brasil?
09.07.2017

Marco Aurelio Ribeiro, CartaCapital

A política da repressão praticada hoje, em todo o país, não apresenta resultados há décadas, a não ser o aumento da violência e do número de mortes; somente de janeiro a junho deste ano ocorreram mais de 2.600 tiroteios no Rio. Estes foram responsáveis por quase 800 mortes, segundo o aplicativo Fogo Cruzado, da Anistia Internacional, que registra os dados da violência no estado.

 leia mais



Ações policiais na Maré, no Rio de Janeiro, são alvo de plano contra violações de direitos
07.07.2017

Luiza Sansão, Ponte

Uma decisão da Justiça cobra mudanças na forma como as polícias atuam no Complexo de Favelas da Maré, na Zona Norte da capital fluminense, onde são registrados, há anos, diversos casos de agressões, homicídios, invasões de casas sem mandado durante operações nas comunidades.

 leia mais



Manifestantes são detidos e sindicato é invadido pela PM
30.06.2017

Mayara Paixão, Brasil de Fato

Grevistas foram detidos em Santa Catarina, em São Paulo, e no Rio Grande do Sul, e um sindicato no Rio de Janeiro foi invadido por policiais.

 leia mais



Detidas após serem fotografadas em manifestação por moradia no centro de São Paulo
30.06.2017

Daniel Arroyo, Ponte

Integrantes da Frente de Luta por Moradia e moradoras de uma ocupação no centro de São Paulo, Antonia Glaucia de Araujo, de 49 anos, e Elaine Gonçalves da Silva, de 25, foram abordadas e detidas dentro de uma padaria, acusadas de obstruir a via pública.

 leia mais



Mandados de prisão de 96 policiais militares e 71 traficantes, sócios em um esquema de propinas que favorecia as atividades do tráfico
29.06.2017

María Martín, El País

A delação premiada deixou de ser uma ferramenta exclusiva nas investigações de políticos e empreiteiros corruptos de terno e chegou às fardas dos policiais. A novidade acaba de dar seus frutos e a Polícia Civil, a Corregedoria da PM e o Ministério Público comemoram nesta quinta a maior operação contra a corrupção policial da história do Rio de Janeiro. A inadimplência era duramente castigada. A Polícia Civil tem ciência de pelo menos três sequestros de traficantes perpetrados pelos agentes quando o pagamento da propina atrasava.

 leia mais



Moradores da Rocinha, no Rio, acusam PMs de matar jovem com tiro no peito
29.06.2017

Carolina Moura, Ponte

Marcos Paulo da Silva Mesquita, 16 anos, foi morto com um tiro no peito, nesta quarta-feira (28/06), na favela da Rocinha (zona sul do Rio de Janeiro). Segundo moradores da região conhecida como Cidade Nova, dentro da comunidade, policiais militares da UPP (Unidade de Polícia Pacificadora) atiraram contra o jovem. Segundo um morador, que não quis se identificar por temer represália, os policiais militares circulavam pela Cidade Nova em um carro particular quando saíram e começaram a atirar.

 leia mais



Jovem morto na Favela da Moinho foi torturado a marteladas, diz família
28.06.2017

Sérgio Silva e Fausto Salvadori, Ponte

Moradores dizem que PMs passaram pelo menos meia hora dentro de barraco com Leandro de Souza Santos antes de atirar nele. Afirmam que o jovem foi torturado e, no final, executado.

 leia mais



Mataram ele na minha casa. Ainda o vejo no chão", diz testemunha do crime do Moinho
28.06.2017

José Eduardo Bernardes, Brasil de Fato

O assassinato de Leandro de Souza Santos conteceu por volta das 10 horas da manhã, durante uma operação militar em busca de traficantes, que supostamente estariam abastecendo usuários da Cracolândia. Santos foi morto com cinco tiros e apresentava sinais de tortura. Ele perdeu os dentes, segundo familiares, por conta de marteladas desferidas pelos policiais.

 leia mais



Polícia Civil indicia cabo da PM por matar uma adolescente dentro de escola no Rio
27.06.2017

Carolina Moura, Ponte

Um inquérito policial concluiu que o cabo da PM Fábio de Barros Dias matou a estudante Maria Eduarda, 13 anos, baleada dentro de uma Escola Municipal da Zona Norte do Rio de Janeiro, em 30 de março, quando ela fazia aula de educação física. No mesmo dia em que a menina foi morta, os policiais militares Fábio e David Centeno foram flagrados executando dois homens que estavam feridos e caídos no chão, atrás do colégio.

 leia mais



Policiais atiram em jovem e Favela do Moinho protesta no centro de SP
27.06.2017

Sérgio Silva, Ponte

Moradores da Favela do Moinho, na região central da cidade de São Paulo, protestaram hoje em ruas próximas e nos trilhos da linha 8-Diamante dos trens da CPTM, depois que policiais militares balearam ao jovem Leandro de Souza Santos, de 19 anos na comunidade.

 leia mais



Como sempre, a Polícia diz que houve troca de tiros
27.06.2017

Jornalistas Livres

Na Favela do Moinho, Leandro de Souza Santos, de 19 anos, foi perseguido por policiais e refugiou-se na casa de uma moradora. Segundo relatos, os PMs tiraram a dona do local e ficaram a sós com Leandro no quarto dos fundos, onde ele teria sido morto. "Ele não sabia usar arma, nunca teve arma", "ele estava correndo sem nada", declarou seu irmão Lucas. Os Jornalistas Livres viram o corpo do jovem no necrotério da Santa Casa de Misericórdia. O rosto do rapaz está desfigurado, seus joelhos, machucados, e o peito, alvejado. A bochecha tem um corte fundo. As pernas estão inchadas, muito.

 leia mais



Mais uma agressão contra servidores municipais em Curitiba, para aprovar o “Pacotaço”
26.06.2017

Franciele Petry Schramm, Brasil de Fato

Bombas de gás, spray de pimenta, balas de borracha, cavalaria, e as tropas de choque da PM, contra 7 mil manifestantes. O teatro Ópera de Arame que foi palco do conflito e desta violência, foi usado para a votação e aprovação do "pacotaço" de quatro projetos de lei de ajuste fiscal do município, apresentados pelo prefeito Rafael Greca.

 leia mais



“Perdi a vista no protesto", conta vítima de repressão, durante audiência na Câmara
21.06.2017 

Rafael Tatemoto, Brasil de Fato

“Eu perdi a vista esquerda na manifestação. O policial mirou e atirou. Sou pai de família, com dois filhos para criar”. O relato é de Clementino Pereira. Ele participava da manifestação ocorrida em Brasília no dia 24 de maio, e foi uma das vítimas da repressão policial ocorrida no dia.

 leia mais



Em Curitiba, violência policial no ato contra o ajuste fiscal
21.06.2017

René Ruschel, CartaCapital


Servidor atingido pela represão. Foto: Chico Camargo / CMC

 leia mais



Assistente social é detida por policiais ao questionar ação na Cracolândia
21.06.2017

Maria Teresa Cruz, Ponte

Uma orientadora socio-educativa que teria observado os PMs quando faziam a abordagem para revistar a mochila de duas adolescentes dependentes químicas, foi algemada, levantada su a blusa e empurrada a uma viatura pelos policiais, que deram voz de prisão por desacato. Identificada como Estela Braga Melo, a profissional presta serviço para a prefeitura de São Paulo na Praça Pincesa Isabel, atuando na abordagem de pessoas em situação de rua, usuárias de drogas. O Conselho Regional do Serviço Social de São Paulo divulgou nota de repúdio e denunciou “violência desmedida” na região por parte da polícia; os profissionais farão ato em resistência ao ocorrido.

 leia mais



“Perdi a vista no protesto", conta vítima de repressão, durante audiência na Câmara
21.06.2017 

Rafael Tatemoto, Brasil de Fato

“Eu perdi a vista esquerda na manifestação. O policial mirou e atirou. Sou pai de família, com dois filhos para criar”. O relato é de Clementino Pereira. Ele participava da manifestação ocorrida em Brasília no dia 24 de maio, e foi uma das vítimas da repressão policial ocorrida no dia.

 leia mais



Servidores públicos de Curitiba que protestavam contra retirada de direitos foram atacados pela PM
20.06.2017

Gibran Mendes, Terra Sem Males

Servidores municipais em greve desde a semana passada contra um “pacotaço” do prefeito Rafael Greca foram agredidos pela Polícia Militar. Os trabalhadores foram atacados com spray de pimenta e cacetadas.

 leia mais



Moradores protestam contra o assassinato de jovem por PM em Londrina (PR)
19.06.2017 

Gabriel Ruiz, Brasil de Fato

Moradores do bairro Cafezal, na zona Sul de Londrina, saíram às ruas para protestar pela morte de Gabriel Sartori, de 17 anos, assassinado por um policial militar à paisana, que estava de folga.

 leia mais



Nas periferias, policiais forçam pessoas a mostrarem suas conversas de Whatsapp
19.06.2017

Brunno Marchetti, MotherBoard

Em abordagens de agentes do Estado e processos judiciais, chats em aplicativos mensageiros estão servindo como prova. O problema: isso é ilegal.

 leia mais



Policiais ameaçam famílias de posseiros em Cujubim, Rondônia
14.06.2017

CPT

Algumas camponesas relatam que quando foram tentar retirar umas motos apreendidas em uma reintegração de posse, policiais teriam ligado para fazendeiros, que foram até o quartel para fotografá-las. Na Delegacia, os policiais falaram, conforme as mulheres, que não era para entrarem novamente nas "Áreas do Galo Velho", e, se caso isso acontecesse, todos morreriam. Depois, um policial sem farda teria falado: “Vocês não voltem lá, caso contrário acontecerá igual ao Pará”. Policiais de Cujubim já foram presos no ano passado acusados de integrarem um grupo que assassinou dois sem terra, aparecendo o corpo de um deles carbonizado. Dois fazendeiros também foram presos, assim como pistoleiros. Um dos acusados permanece foragido, o sargento da reserva Moisés.

 leia mais



Megaoperação policial, vendida como um sucesso, acaba revelando esquema de propinas entre PMs e criminosos
11.06.2017

Maria Martín, El País

O desabafo de um narcotraficante após sua prisão tem ajudado a esclarecer alguns detalhes de um esquema de propinas entre policiais militares de Rio de Janeiro e as facções criminosas do Estado. O capítulo fundamental deste enredo aconteceu na madrugada de 2 de maio, quando um grupo de 100 homens do Comando Vermelho (CV) armados com fuzis entrou na favela da Cidade Alta, na zona norte do Rio, disposto a retomar a comunidade das mãos de uma facção rival, o Terceiro Comando Puro. A possibilidade de que os policiais estariam se vendendo às duas facções foi reforçada com o recente esclarecimento do assassinato da líder comunitária Glória Maria dos Santos Mica em uma cilada do cabo Carlos José Costa Júnior.

 leia mais



"Parece guerra, mas só um lado está armado", diz ferida por bomba da polícia
07.06.2017

José Eduardo Bernardes, Brasil de Fato

Déborah Fabri, da Universidade Federal do ABC, relata o que enfrentou após perder parte da visão em protesto.

 leia mais   assista à entrevista



Autos de resistência como forma jurídica da política de extermínio de pessoas
05.06.2017

Henrique Oliveira, Justificando

A chacina em Pau D’arco se insere em mais um caso de violência no campo brasileiro contra camponeses em torno da disputa por terra. E um fato que chama a atenção nesse caso, é como mais uma vez vemos os autos de resistência sendo questionados, onde os policiais alegam que mataram pessoas em legítima defesa. Os autos de resistência, um instrumento que foi criado pela Ditadura Militar em 1969, para justificar os assassinatos de opositores, que a policia dizia ter matado numa situação de resistência armada à prisão.

 leia mais



Jovem de Mariana é levada à delegacia por criticar a PM no Facebook
02.06.2017

Lucas Mantovani, Vértice

Estudante de 19 anos da Universidade Federal de Ouro Preto, foi conduzida à delegacia em Mariana por crime de desacato, após criticar a Polícia Militar em comentário no Facebook no dia 23 de maio.

 leia mais



Chacina no Campo: Vigília no Pará responsabiliza governo e judiciário
01.06.2017 

Fátima Bezerra, Vermelho

Dez cruzes e o derramamento simbólico de sangue em frente ao prédio do Tribunal de Justiça do Pará, foram a forma que os ativistas do Comitê Paraense de Combate à Violência encontraram para dizer o Judiciário paraense e os governos no estado são os grandes responsáveis pelos assassinatos de trabalhadores rurais que lutam por reforma agrária. Segundo um levantamento da Comissão Pastoral da Terra, este ano já houve 36 assassinatos no campo no Brasil, e 18 ocorreram no Pará.

 leia mais



Massacre no Pará
29.05.2017

Avener Prado e Fabiano Maisonnave, TV Folha



 veia mais



Massacre no Pará: polícia chegou em fazenda para matar, dizem testemunhas
26.05.2017

Carlos Madeiro, UOL notícias

Familiares de vítimas da ação policial que terminou com dez mortes de trabalhadores rurais, na Fazenda Lúcia, em Pau D'Arco, sudeste do Pará, afirmam que a polícia chegou atirando e, em nenhum momento teria informado sobre o cumprimento de mandado judicial.

 leia mais



Pau d’Arco Urgente: testemunhas oculares do massacre reforçam tese de execuções
26.05.2017

Ciro Barros, Agencia Pública

Três testemunhas oculares ouvidas pelo Ministério Público do Pará e pelo Ministério Público Federal deram depoimentos que reforçam a suspeita do CNDH de que os posseiros mortos na fazenda Santa Lúcia, no município paraense de Pau D’Arco, foram executados.

 leia mais



Dez pessoas são mortas durante ação da Polícia Militar no Pará
24.05.2017

Fabiano Maisonnave, Folha de São Paulo

Nove homens e uma mulher foram mortos durante uma ação policial na zona rural do municipio de Pau D'Arco. O novo massacre ocorre em meio de uma escalada de violência ligada aos conflitos pela terra. Ao menos 17 pessoas morreram nas últimas semanas em Pará por causa das disputas agrárias.

 leia mais



Cenário de guerra: Polícia Militar ataca manifestantes do "Ocupa Brasília"
24.05.2017

Brasil de Fato

A Polícia Militar (PM) reprimiu com violência o ato do Ocupa Brasília na tarde deste 24 de maio. Os oficiais tentaram dispersar mais de 150 mil manifestantes que marchavam em direção ao Congresso Nacional, regeitando os projetos de lei contra os dereitos dos trabalhadores, pedindo a saída do presidente Michel Temer e eleições diretas. Policiais usaram bombas de gas e cavalaria para dispersar aos manifestantes; os organizadores denunciam uso de arma letal. O presidente Temer decidiu colocar o Exército nas ruas.

 leia mais



Delegados envolvidos em chacinas condenadas internacionalmente foram promovidos e premiados
17.05.2017

Helena Borges, The Intercept

A Corte Interamericana de Direitos Humanos decidiu que o Brasil deverá adotar — além de inúmeras medidas de indenização específicas às famílias de vítimas e a sobreviventes das operações que resultaram nas duas chacinas. Mais de cem policiais envolvidos nas chacinas, na favela Nova Brasília de Rio de Janeiro. agiam sob as ordens de seus comandantes, que em vez de serem demitidos, como pediu à época uma sindicância interna da Polícia Civil, foram alçados a titulares de delegacias em 2011.

 leia mais



Justiça condena estado de São Paulo a indenizar família de jovem morto por PM
10.05.2017

Amanda Cieglinski, Brasil de Fato

A Justiça de São Paulo condenou o estado a pagar indenização de R$ 750 mil para a família do jovem Yago Batista de Souza, 17 anos, que estava sentado em frente ao prédio onde morava, quando foi atirado.

 leia mais



”Estou com vergonha do meu rosto”, diz sem-teto de 14 anos ferida por PM
01.05.2017

Carolina Linhares, Follha de São Paulo

O 1º de maio, em Mário Campos, região metropolitana de Belo Horizonte, Nathaly Gabriela da Silva, de 14 anos, foi atingida na boca por um tiro de borracha da PM, quando participava em uma ocupação. Perdeu 6 dentes e levou 8 pontos que ficaram marcados.

 leia mais



Sindicalistas e OAB denunciam violência policial em protesto no Rio
28.04.2017

Agencia Brasil

Os sindicalistas disseram que a PM jogou bombas no palco, enquanto pessoas discursavam. Os manifestantes se reagruparam na praça Cinelândia para participar do ato central da greve geral do 28 de abril em Rio. Aí falavam parlamentares e líderes dos movimentos sociais, mas os policiais jogaram bombas novamente e as pessoas se dispersaram. Quando os manifestantes tentaram retorna, os policiais os cercaram e voltaram a jogar bombas de gás e usar spray de pimenta.

 leia mais



Estudante agredido por um PM em Goiânia apresentou múltiplas fraturas e traumatismo cranioencefálico
28.04.2017 

O Popular

Mateus Ferreira da Silva, estudante de Ciências Sociais da Universidade Federal de Goiás, quando participava na manifestação de apoio a greve geral do 28 de abril em Goiânia, foi agredido por um PM que bateu nele causando traumatismo cranioencefálico e varias fraturas. Uma foto registrou o momento exato em que o estudante foi atingido na cabeça por cassetete.

 leia mais


Ver arquivo de notícias
 

 

 


Observatório das Violências Policiais e dos Direitos Humanos
Rua Monte Alegre 984 - Perdizes -  Prédio Novo - 4º andar - Bloco A - Sala 4E08 - CEP 05014-901 - São Paulo - SP